Serviços de Contabilidade: Quanto custa um contador? Preços e outras informações

| Atualizado em 29/07/21 | 10 minutos de leitura

O preço médio cobrado pelos escritórios de contabilidade, para uma microempresa ou empresa de pequeno porte, variam de menos de R$ 100 (contabilidade on-line) a R$ 550 (escritório de contabilidade tradicional)

Os preços dos serviços de contabilidade acabam sendo um dos critérios de maior peso na hora em que um empreendedor precisa escolher o escritório contábil que vai atender a sua empresa.

E esse cuidado não é para menos! Exceto quem é MEI, os demais tipos de empresa precisam, obrigatoriamente, ter um contador para providenciar e acompanhar a contabilidade do negócio mensalmente.

Além disso, mesmo que não exista lei que diga que é preciso de contador para abrir empresa, o suporte desse profissional desde os primeiros passos é imprescindível e pode fazer toda a diferença para o sucesso do negócio.

Por exemplo, para abrir um negócio é preciso definir o porte da empresa, escolher o regime tributário, e outras questões relacionadas. Dificilmente, quem está começando a empreender tem conhecimento pleno das particularidades do Simples Nacional, Lucro Presumido e Lucro Real, concorda?

É justamente em questões como essa, que podem afetar a saúde financeira da empresa, que faz o apoio de um profissional contábil tão importante desde o início do negócio.

Quer ajuda para abrir uma empresa ou ter um CNPJ?

A Contabilizei é líder em abertura de empresas, deixe seus dados e nossos especialistas entrarão em contato.






TUDO CERTO!

Recebemos suas informações, logo nossos especialistas entrarão em contato.

Mas para isso, antes é preciso analisar os serviços contábeis e os preços para, somente depois, escolher qual o melhor para a empresa.

Neste artigo, você vai conferir o que faz um contador, como são cobrados os honorários desse profissional, a média de preço dos serviços contábeis e muito mais!

custo-contabilidade-mulheres-reuniao-

O que faz um contador?

Se você procurar a palavra “contador” no dicionário, uma das definições é:

Pessoa que se encarrega da escrituração das contas das empresas mercantis; contabilista, diplomado em contabilidade”.

Na prática, o papel de um contador vai muito além disso. Esse profissional é o responsável por garantir que todas as obrigações fiscais e tributárias de um negócio sejam cumpridas.

É ele quem vai fazer o acompanhamento das movimentações financeiras da empresa assistida, considerando as suas entradas e saídas e avaliando lucros e prejuízos.

Se listarmos os principais serviços contábeis prestados por um escritório de contabilidade temos:

  • abertura de empresa, que inclui definição da CNAE, Classificação Nacional de Atividades Econômicas; escolha do regime tributário, da natureza jurídica e outros pontos relacionados;
  • escrituração tributária e escrituração contábil, tais como geração do DRE, Demonstrativo do Resultado do Exercício; balancete, balanço patrimonial etc;
  • entrega das obrigações acessórias, entre elas DIRF, Declaração de Imposto Retido na Fonte, RAIS, Relação Anual de Informações Sociais e outras;
  • emissão de certidões negativas de débito;
  • diferentes serviços de assessoria, por exemplo, assessoria trabalhista, assessoria para gestão financeira, assessoria para planejamento tributário;
  • migração de um regime tributário para outro;
  • encerramento de empresas.

O que é Contabilidade Consultiva?

É bem importante destacar que, com o passar dos anos, a participação do contador no crescimento das empresas que assiste ganhou ainda mais peso, o que levou também à mudança do seu papel nesses negócios.

O profissional contábil passou a ter uma atuação mais estratégica e a utilizar os dados apurados da gestão financeira do cliente como base para ajudá-lo em tomadas de decisão significativas para a empresa.

Trata-se da Contabilidade Consultiva, modelo de serviço contábil no qual o contador atua mais próximo dos seus clientes. 

Para isso, ele faz uma análise mais profunda dos resultados apresentados pelo negócio e, se baseando nos números obtidos, realiza um diagnóstico e sugere ao empreendedor o que pode ser feito para a empresa crescer e ter sucesso.

Em resumo, o contador deixa de apenas cumprir as obrigações legais da sua profissão, e se torna parceiro do seu cliente na jornada pelo crescimento do seu negócio.

Como são cobrados os honorários do contador?

Mas quais seriam os preços desses serviços de contabilidade que acabamos de citar? A definição dos valores cobrados por um contador depende de uma série de critérios.

Quanto a isso, é preciso deixar claro que, ao contrário do que acontece em outras profissões, como no caso dos advogados, o conselho de classe dos contadores (CFC, Conselho Federal de Contabilidade) não define uma tabela base de valores que podem ser cobrados.

Assim, os preços dos serviços de contabilidade podem ser sugeridos por cada sindicato. Mas ainda que haja essa determinação, não são todos que fazem isso, visto a dificuldade de padronizar valores desse setor.

Isso acaba dando aos escritórios de contabilidade liberdade para definir os seus próprios preços.

Considerando esses pontos, a definição dos honorários de um contador se baseia nos seguintes critérios:

  • porte da empresa a ser assistida;
  • setor econômico de atuação do negócio;
  • faturamento obtido pela empresa, tanto mensal quanto anual;
  • quantidade de notas fiscais geradas;
  • quantidade de funcionários que compõem a folha de pagamento;
  • quantidade de documentos e de lançamentos contábeis que precisam ser feitos;
  • regime tributário escolhido.

O motivo de considerar esses parâmetros na hora de definir os preços dos serviços de contabilidade é bastante compreensível: quanto maior e mais complexo for o negócio, mais tempo e dedicação vai exigir do escritório contábil.

Por exemplo, empresas de grande porte têm rotinas fiscais, contábeis e trabalhistas em volumes muito maiores do que as empresas de pequeno porte. 

O mesmo princípio vale para a questão do faturamento e da quantidade de notas fiscais geradas pelo negócio.

O número de funcionários contratados, por sua vez, impacta na gestão da folha de pagamento e na emissão de documentos como guias de INSS, recolhimento de FGTS, preenchimento do CAGED, Cadastro Geral de Empregados e Desempregados, entre outras tarefas.

custo-contabilidade-pessa-escritorio

Quanto custa um contador para PJ?

Mas para lhe ajudar a saber quanto custa um contador, criamos uma tabela com os valores médios aproximados praticados atualmente.

Essa informação vai lhe dar uma boa ideia dos preços dos serviços contábeis e, com isso, permitir que se programe melhor para contratar um contador para a sua empresa.

AtividadePreço médio cobrado
Mensalidade cobrada por escritórios de contabilidade tradicionaismeio salário mínimo (atualmente R$ 550)
Mensalidade cobrada por escritórios de contabilidade on-linemenos de R$ 100 para microempresas e empresas de pequeno porte

Se utilizarmos alguns serviços como exemplo, temos os seguintes valores médios cobrados:

AtividadePreço médio cobrado
Abertura de empresa em escritórios tradicionaisR$ 1 mil, geralmente cobrado à parte da mensalidade
Abertura de empresa em escritórios de contabilidade on-linemuitos oferecem esse serviço gratuitamente mediante a contratação do suporte mensal

Outros serviços:

  • registro de Sociedade Limitada: R$ 1.900
  • registro de Sociedade por Ações: R$ 3.900
  • escrituração fiscal de entidades sem fins lucrativos: R$ 510
  • atas de assembleias gerais de empresas: R$ 3.500
  • contabilidade consultiva: a partir de R$ 800

Quais são os preços de serviços de contabilidade digital?

Como você pôde ver nos exemplos que demos acima, os preços dos serviços de contabilidade digital tendem a ser bem inferiores aos praticados por um escritório tradicional.

Um dos motivos é que atuar 100% em ambiente digital reduz os custos do escritório contábil e, por isso, não precisam ser repassados para os clientes.

Além disso, o uso da tecnologia e da internet torna os processos muito mais ágeis e otimizados, o que contribui também para aumentar a produtividade dos times e a reduzir o tempo empregado em cada tarefa.

No caso da Contabilizei, por exemplo, nossos planos estão a partir de R$ 96 a R$ 289 por mês para empresa de serviço, e a partir de R$ 189 a R$ 389 para empresas de comércio.

O plano básico para empresas do setor de serviços, voltado para negócios com faturamento de até R$ 25 mil e optantes do Simples Nacional, contempla:

  • contabilidade completa;
  • processo de abertura de empresa grátis;
  • abertura de empresa sem sair de casa;
  • emissor de notas fiscais eletrônicas ilimitado;
  • conta digital PJ 100% integrada;
  • atendimento via chat e muito mais!

Os preços de serviços de contabilidade valem a pena?

Sim! Os preços de serviços de contabilidade, especialmente os praticados pelos escritórios de contabilidade on-line, valem a pena por inúmeros motivos.

O primeiro é que você estará cumprindo uma determinação legal, a qual orienta que toda empresa deve ter a assistência de um contador para providenciar o atendimento das suas obrigações fiscais e tributárias.

O segundo motivo é que, a maioria dos serviços contábeis são bastante complexos, o que requer bom conhecimento para realizá-los. Falhas podem levar a sérios problemas com os órgãos fiscalizadores, bem como comprometer a saúde financeira da sua empresa.

Por isso, deixar essas questões nas mãos de quem entende do assunto vai garantir que isso não aconteça, além de lhe dar mais tempo para cuidar de outros pontos tão importantes quanto do seu negócio.

Agora, se formos listar os motivos pelos quais você deve contratar um escritório de contabilidade on-line, além dos que acabamos de citar, também se destacam:

  • preços dos serviços de contabilidade mais competitivos e justos;
  • facilidade nos processos;
  • transparência;
  • tempo de resposta menor.
custo-contabilidade-reuniao

O que pode acontecer se você não optar por esse serviço? 

De acordo com o artigo 1.179 da lei 10.406/2002 (Novo Código Civil), todo empresário e sociedade empresária está obrigado a seguir um sistema de contabilidade, seja ele mecanizado ou não.

Essa regra só não se aplica aos MEIs, que contam com lei própria, a  Lei Complementar nº128, de 19 de dezembro de 2008.

Ainda que não esteja explícita a obrigatoriedade quanto à contratação de um contador, interno ou terceirizado, muitos documentos contábeis só têm validade com a assinatura desse profissional.

Sendo assim, para cumprir o que é determinado pela lei, é essencial ter um contador para assistir a sua empresa.

Caso isso não aconteça, o seu negócio estará passível de multas e punições de acordo com as obrigações e documentos que não forem entregues.

Se quer evitar todos esses transtornos de uma forma prática e rápida, nós podemos lhe ajudar! Acesse agora mesmo o site da Contabilizei e conheça os nossos planos e serviços.

E se já tiver um contador e quiser trocar de profissional, baixe este “Guia definitivo para trocar de contador” e confira como o passo a passo de como fazer esse processo!

A Contabilizei abre a sua empresa com o menor custo

A Contabilizei faz todo o processo de abertura da sua empresa para que ela fique 100% regularizada com o mínimo de impostos. Cuidamos de toda a burocracia enquanto você economiza tempo e dinheiro.

ABRIR MINHA EMPRESA GRÁTIS

"Tornou o processo de abertura e gerenciamento da minha empresa muito simples e fácil. Plataforma única, onde consigo tudo que preciso, suporte extremamente eficiente e ágil." Leandro Bernardo - cliente Contabilizei

A Contabilizei abre a sua empresa com o menor custo
Charles Gularte

Escrito por:

Charles Gularte

Charles é formado em contabilidade pela FAE Centro Universitário e MBA em Gestão Empresarial, Administração e Negócios. Depois de começar sua carreira como contador, trabalhou por 14 anos em uma empresa de logística como superintendente de negócios e diretor, até chegar à Contabilizei na gestão de atendimento ao cliente, operações contábeis e serviços.

Deixe um comentário

avatar