Modelo de orçamento de prestação de serviços: veja como fazer

| Atualizado em 30/12/21 | 6 minutos de leitura

A prestação de serviços abrange um enorme leque de negócios: desde as empresas de consultoria, advocacia, engenharia e arquitetura, dentistas, atendimentos de cunho educacional ou psicológico – a lista é vasta.

Muitos profissionais optam por ter empresa própria para realizar suas atividades, e encontram algumas perguntas logo de início. Após a abertura da empresa, que pode até mesmo contar com o serviço de contador online, uma das primeiras dúvidas é: como devo apresentar meu orçamento para os clientes?

É claro que muitas das atividades de prestação de serviços são executadas por pessoas com passagem por uma graduação, mas nem sempre as Universidades contemplam este tipo de ensinamento, que na prática faz toda a diferença para o profissional.

Se você está com dúvidas na hora de apresentar seu orçamento de prestação de serviços, venha conosco e confira essas sugestões para um bom começo junto à clientela.

Como fazer um orçamento para um cliente?

Faça o orçamento de acordo com o seu perfil de atendimento – contemplando as etapas que você realizará, e demonstrando seus diferenciais.

O modelo de trabalho de cada um é bastante variável, e comporta uma série de detalhes com os quais cada profissional se preocupa. Em orçamento de dentista, por exemplo, alguns profissionais colocam valores de anestesia, outros não. Isso depende de como o próprio consultório funciona, se há um especialista nesta função ou não, e se o valor composto faz mais sentido para o cliente ou apenas o valor fechado. 

Quer ajuda para abrir uma empresa ou ter um CNPJ?

A Contabilizei é líder em abertura de empresas, deixe seus dados e nossos especialistas entrarão em contato.






TUDO CERTO!

Recebemos suas informações, logo nossos especialistas entrarão em contato.

Assim como na área da Odontologia, cada área de prestação de serviços conta com diferentes propostas de orçamento, e o importante é você escolher uma forma que tenha a ver com o seu trabalho e com os principais pontos de valor na entrega que você fará. Muitas formas de orçamento de prestação de serviços consideram cada etapa do trabalho a ser realizado como uma parte do valor, para ajudar o cliente a compreender que é o somatório dos processos que compõem o todo.

modelo-prestacao-servico-homens-trabalhando

Como apresentar uma proposta de orçamento?

A forma de apresentação também depende do serviço a ser executado. Um orçamento para uma atividade que funciona como um projeto maior, que levará alguns meses para execução, merece uma apresentação feita pessoalmente pelo profissional, demonstrando etapa por etapa como será o serviço entregue ao cliente. 

Por outro lado, procedimentos que são realizados no mesmo dia, sem maior envolvimento, podem ser orçados em uma folha simples, com os dados concretos do que será realizado, garantindo a apresentação dos valores e do serviço claramente.

Faça seu orçamento em 5 etapas

Preparamos um apanhado de 5 procedimentos que você pode seguir como guia para entregar um bom orçamento de prestação de serviços.

1.Análise do serviço a ser prestado

Como você já sabe, a prestação de serviços dentro do seu negócio deve ser pensada de forma a manter a lucratividade. Quer dizer, quando você planeja a parte financeira da empresa, pensando em custos e possibilidade de ganhos, analisa justamente quanto precisa cobrar pelo serviço para que a empresa se pague e gere a renda que você deseja. 

Na hora, então, de analisar o trabalho que será feito para compor seu orçamento de prestação de serviços, você precisa levar isso em conta: há um valor mínimo por hora de trabalho que você deve ter extraído deste planejamento financeiro – e essa margem é crucial para que a atuação esteja sendo paga conforme você precisa. 

Além dessa questão, você deve considerar o grau de dificuldade do que será executado, o envolvimento do seu tempo neste trabalho, bem como os preços praticados pela concorrência.

2. Diferenciação da concorrência

Neste segundo passo do orçamento, sugerimos que você verifique o que é que faz de você um profissional qualificado para o serviço a ser prestado. Por exemplo, um pintor com experiência de 20 anos é diferente de um profissional que recém começou a fazer este tipo de atividade. Outros pontos de diferenciação, além da experiência, são a formação, o atendimento a clientes renomados, ou mesmo o reconhecimento de clientes sobre o seu trabalho.

Toda essa análise de diferenciação pode lhe ajudar a justificar um valor mais elevado do que outros que o cliente receba – e é por isso que você precisa deste passo na composição do orçamento de prestação de serviços. 

modelo-prestacao-servico-computadores

3. Modele as etapas da prestação do serviço

Conhecendo bem a necessidade do cliente e analisando o que você oferece de diferencial, vá em frente e organize em etapas a prestação do serviço. 

Você pode começar listando as etapas de preparação. Para um advogado, por exemplo, a leitura do processo e estudo da jurisprudência são momentos em que não está com o cliente, mas executando também o trabalho. 

A outra parte da proposta deve versar sobre o tempo de execução. No exemplo de um engenheiro civil que fará uma construção, haverá entrega de projeto, depois acompanhamento da execução, até uma inspeção final. 

É mais interessante, se for possível, indicar data, ou ao menos prazos para as atividades. Uma boa forma de contratualizar isso na proposta de orçamento é colocar o tempo entre cada etapa. Por exemplo: 

  • Entrega do projeto – 3 meses após o contrato.
  • Finalização da execução da obra – 6 meses após aprovação do projeto.

4. Monte o orçamento de prestação de serviços

Depois de realizadas as análises para que você tenha todos os dados necessários, é hora de montar um documento de orçamento.

É imprescindível conter a identificação completa da empresa e do profissional. Além disso, para demonstrar o que foi pensado como diferenciação da concorrência, é possível incluir as qualificações do prestador de serviços. 

O próximo dado são as etapas da proposta, ou a atividade única se for mais simples, com o valor indicado. Neste momento podem constar também os prazos de execução, conforme comentamos antes.

Podem ser destacados ainda os impostos que incidirão sobre os serviços, dando visibilidade aos valores que são referentes ao seu trabalho e os que são encargos da atividade. 

5. Apresente seu orçamento ao cliente

Muitas pessoas dão pouca importância para este momento, simplesmente enviando um arquivo ao potencial cliente ou entregando uma folha impressa. Novamente, tudo depende do tipo de prestação de serviços – é possível, claro, entregar um documento simples para ações pontuais.

No entanto, se a proposta é de valor elevado e contempla um tempo maior de envolvimento, é bacana fazer uma reunião e detalhar as etapas, demonstrando o que será feito e entregue, além de aproveitar o momento para ressaltar novamente os diferenciais.

A Contabilizei abre a sua empresa com o menor custo

A Contabilizei faz todo o processo de abertura da sua empresa para que ela fique 100% regularizada com o mínimo de impostos. Cuidamos de toda a burocracia enquanto você economiza tempo e dinheiro.

ABRIR MINHA EMPRESA GRÁTIS

"Tornou o processo de abertura e gerenciamento da minha empresa muito simples e fácil. Plataforma única, onde consigo tudo que preciso, suporte extremamente eficiente e ágil." Leandro Bernardo - cliente Contabilizei

A Contabilizei abre a sua empresa com o menor custo
Guilherme Soares

Escrito por:

Guilherme Soares

Guilherme é engenheiro formado pela Universidade de São Paulo com mestrado em administração de empresas pela London Business School. Guilherme atuou como consultor de estratégia de negócios na Bain & Company e liderou áreas de estratégia comercial e produtos na Latam Airlines Cargo e Cielo. Iniciou na Contabilizei em 2018.

Deixe um comentário

avatar