Contabilidade

O Carnê Leão: O que é e como funciona?

Atualizado em 10 mar 2020

Carnê Leão – O que é?

Trata-se de um recolhimento mensal obrigatório do IR feito pelo contribuinte que recebe rendimentos pagos por pessoas físicas ou vindos do exterior. Estes pagamentos são, geralmente por pensão alimentícia ou trabalhadores sem carteira assinada, como autônomos e profissionais liberais. Também devem declarar os rendimentos no Carnê Leão pessoas que alugam casas, por exemplo. A regra geral é: recebe de pessoas físicas, sem imposto direto na fonte, deve declarar ao Carnê Leão.

Como funciona o cálculo

Toda pessoa física que receba mais de R$ 1.998 por mês sem retenção na fonte deve realizar a declaração desta renda, através do carnê Leão. O programa é anual e pode ser baixado no site da Receita Federal . Através dele, é realizado o cálculo do seu imposto devido, levando em conta as alíquotas do IRPF.

Como deduzir impostos no Carnê Leão

Assim como no IRPF, é possível deduzir impostos do seu Carnê Leão. São dedutíveis de imposto de pensão alimentícia, dependentes, contribuição ao INSS e livro caixa. Se você declara rendimentos com aluguel de imóveis, saiba que valores de IPTU e condomínio são dedutíveis, além de gastos com imobiliária.

Obrigado

Guia definitivo para ser PJ
Baixe agora mesmo!


Entre para a Contabilizei

Sonegação também gera multas

O não pagamento de impostos sobre estas rendas pode render multas que não serão nem um pouco legais para você. Ao não declarar, você corre o risco de sofrer multas de 20% do imposto devido + juros, no máximo. Além disso, se for obrigado a pagar IRPF dos valores, este percentual sobe e você terá uma multa de 50% sobre o imposto devido.

Vitor Torres

Vitor Torres é fundador da Contabilizei (o jeito mais fácil e econômico de realizar contabilidade), empreendedor e investidor de startups.

59
Deixe um comentário

avatar
28 Threads
31 Thread replies
0 Followers
 
Comentário mais reagido
Comentários mais quente
29 Autores dos comentários
Hipolito dos Santos Francisco IasminRaphaelaJ. MattosLuzia Autores de comentários recentes
Carlito
Carlito

Quem paga o carnê leão também tem que pagar imposto de renda? Ou nesse caso a pessoa só faz a declaração do imposto porém não ha a necessidade de pagar?

Hipolito dos Santos Francisco
Hipolito dos Santos Francisco

Ola Carlito! Essa dúvida é bem comum, mas são coisas diferentes e vamos te explicar cada uma delas: – Imposto de Renda: é o imposto um valor descontado anualmente sobre os rendimentos de empresas, trabalhadores e pessoas físicas que prestam serviços a outras pessoas físicas. – Carnê leão: é uma forma de recolhimento mensal quando você, como pessoa física, recebe algum valor de serviço prestado a outra pessoa física sem vínculo empregatício. Esse recolhimento é obrigatório para atividades regulamentadas e locação, sublocação, arrendamento e subarrendamento de imóveis. – Declaração de Imposto de Renda: é declaração obrigatória anual que deve ser… Read more »

Flávio
Flávio

Ola, sou funcionário público e recebo por mes em torno de 4.200 reais, preencho minha declaração de imposto de renda todos os anos. Porém nos últimos meses estou tendo uma movimentação financeira em minha conta corrente em torno de 22.000 reais por conta de familiares que compram em meu cartão de crédito e no início do mês depositam em minha conta corrente as quantias necessarias para cobrir as suas respectivas compras feitas no meu cartão, quando o dinheiro cai em minha conta faço o pagamento das faturas dos cartões, quando chega no final do mês o saldo positivo em minha… Read more »

Hipolito dos Santos Francisco
Hipolito dos Santos Francisco

Olá, Flavio, tudo bem?

Mesmo que não seja uma prática comum, a Receita pode sim pedir explicações sobre valores que ficam fora do padrão normal de uso da sua conta bancária, como no caso que você descreveu aqui.

Essa solicitação de explicações pode acontecer pois, mensalmente, o Banco Central envia os dados dos correntistas de todos os bancos para a Receita Federal que, por sua vez, rastreia as movimentações.

Vale ressaltar que esse pedido de explicações não é uma prática comum, entretanto pode acontecer até 5 anos após a movimentação. Para evitar qualquer risco futuro, o ideal é evitar esse tipo de transação.

Monique
Monique

Olá, tudo bem? Gostaria de tirar uma dúvida… sou servidora pública estadual e ganho 1750 reais bruto e também estou trabalhando online para uma empresa da Irlanda que me paga em dólares, não passa de 1500 reais por mês. Esse trabalho online não é fixo, é como se fosse um freelancer mas como pessoa física mesmo. Preciso pagar o carnê leão ou fazer outro procedimento como declaração de renda nessas condições que eu estou?

Monique Miranda de Souza
Monique Miranda de Souza

Olá tudo bem? Poderia responder meu comentario, por gentileza?

Hipolito dos Santos Francisco
Hipolito dos Santos Francisco

Respondido!

Hipolito dos Santos Francisco
Hipolito dos Santos Francisco

Oi Monique, desculpe a demora! Nosso blog está bombando e estamos tentando responder as questões no menor tempo possível. Segue a resposta dos nossos especialistas:

A Irlanda é um dos países que não tem acordo com o Brasil para deduzir o imposto na fonte. Nesse caso é necessário
fazer o carnê leão mensal desses valores e declarar tudo no IRPF para apurar as diferenças.

Lembrando que, para países que possuem acordo de dedução com o Brasil, o valor já é retido na fonte.

Respondido? Qualquer dúvida estamos a disposição.

Jeferson Andrade Mineiro
Jeferson Andrade Mineiro

Recebo em formato de CLT cerca de 2300 mensalmente e anualmente declaro meu imposto de renda certinho.

Atualmente, além do emprego formal, tenho neste mes para receber cerca de 700 reais através de Apostas Esportivas. Gostaria de saber, se estes 700 eu preciso declarar por carnê-leão ou se é apenas valores superiores a 1900? E também se no próximo ano (com base na legislação vigente), precisarei informar esses valores mensais ganhos do exterior no meu imposto de renda?.

Hipolito dos Santos Francisco
Hipolito dos Santos Francisco

Jeferson, obrigado pela sua pergunta!

Esse valor específico precisa ser declarado no IRPF como rendimento tributável, já que não atinge o valor mínimo para carne leão, que atualmente é de R$ 1.903,98. Caso haja novos valores que ultrapassem esse limite, há a necessidade da utilização do Carnê Leão para estar de acordo com a legislação e evitar cair na malha fina. qualquer dívida estamos a disposição.

Cibelle
Cibelle

Olá, o carnê leão eu pago mensalmente então? Ou tem a possibilidade de pagar anualmente?

Hipolito dos Santos Francisco
Hipolito dos Santos Francisco

Oi Cibelle, bom dia!

Sim, o recolhimento do carnê-leão é obrigatório fazer mensalmente. Se deixar pra fazer na declaração do IRPF além de juros e multa pelo atraso, fica sujeito a multa de ofício. Caso precise de ajuda técnica, entre em contato com a Contabilizei. Nossa contabilidade completa por R$ 89,00 / mes.

Jarbas
Jarbas

Boa tarde, sou engenheiro recém formado e vou conduzir uma obra como autônomo, pestrando serviço para outra pessoa física, com isso a minha movimentação bancária vai ser muito alta, o valor do serviço vai ficar entre 140mil depositados em pequenos valores de 15 em 15 dias durante 4 meses, desse valor eu vou repassar para os funcionários da obra ( também autônomos) e vou retirar um valor de 5mil para mim, entretanto no final da obra eu ainda vou pegar uma parcela do lucro, no fim vou arrecadar em torno de 25mil, como devo fazer para declarar os impostos, com… Read more »

Hipolito dos Santos Francisco
Hipolito dos Santos Francisco

Bom dia Jarbas!

se você não quiser abrir empresa, o certo é fazer os registros do livro caixa. No livro caixa vai informar todo o valor recebido e terá a possibilidade de deduzir as despesas na prestação de serviços. Lembrando que praticamente em todos os casos é mais vantajoso, no médio prazo, abrir um CNPJ. Se você quiser mais informações técnicas, conte com a Contabilizei. Podemos mostrar para você as vantagens de abrir uma empresa em relação a prestação de serviço PF.

http://www.contabilizei.com.br

Giuliana Grechi
Giuliana Grechi

Não fiz o recolhimento mensal sobre aluguel recebido em 2019 pois achava que o imposto deveria ser pago na declaração final. Agora devo preencher e gerar darfs com multas ou só o fato de declarar na aba de rendimentos recebidos por pessoa física já gera o imposto devido?

Hipolito dos Santos Francisco
Hipolito dos Santos Francisco

Oi Giuliana, bom dia!

Vamos a sua resposta. O ideal é gerar as darfs agora com juros e multa e pagá-las, pois na legislação do IRPF tem uma previsão de que se o imposto não for pago durante o ano, ao ser gerado a declaração do IRPF pode gerar uma multa de 50% do valor que não foi pago durante o ano. Então, pra evitar levar multa, recolhe agora darf por darf. LEI 9.430/1996, ART. 44, INC. II, a.

Respondido? Estamos sempre à disposição!

Kelly
Kelly

Bom dia! Recebi a pensão alimenticia de meu filho mas por desconhecimento, não recolhi o imposto via Carnê Leão. O procedimento agora é realizar o Imposto de Renda (do menor em separado) de maneira completa, pagando o imposto devido, ok?

Hipolito dos Santos Francisco
Hipolito dos Santos Francisco

Bom dia Kelly!

O correto é preencher o carnê-leão e pagar as DARFs de IR com juros e multa. Após isto, faz a declaração do IRPF e importa/recupera os dados do programa carnê-leão. Se informar os rendimentos de pensão somente na declaração do IRPF além de pagar os juros e multa fica sujeito a multa de ofício de 50% do valor devido.

Se o seu filho for menor de idade, você pode fazer a declaração + carnê-leão só do filho ou fazer a declaração da mãe informando o filho como dependente.

Respondido? Qualquer dúvida estamos à disposição!

Victor Lima
Victor Lima

Olá, desde setembro de 2019 estou fazendo algumas vendas utilizando máquina de cartão de crédito, porém, até agora em nenhum mês recebi mais de R$ 1.903,98. Eu preciso lançar essas vendas no carnê leão e/ou no IRPF 2020?

Hipolito dos Santos Francisco
Hipolito dos Santos Francisco

Olá Victor, bom dia!

Sim, mesmo que os valores sejam menores que R$ 1.903,98 mensais é preciso fazer o preenchimento do programa carnê-leão. Na declaração do IRPF na aba “Rendimentos tributáveis recebidos de pessoa física/exterior” é preciso recuperar as informações preenchidas no carnê-leão.

Respondido? qualquer dúvida, estamos à disposição.

André F
André F

Olá, tenho uma dúvida bastante específica. Um autônomo/profissional liberal, com renda q varia mês a mês, entre $1800 a $2500 (ou seja, + q 1 salário), precisa recolher necessariamente 20% de INSS sobre esses valores brutos? Na situação de exemplo o autônomo é PF e presta serviço não assalariado para pessoas físicas apenas, sem vínculo empregatício. Basicamente freelance (na prática ilustrações, design gráfico e desenho técnico). Enfim, nesse caso, o trabalhador pode ou não optar contribuir como “Contrib. Individual pelo Plano Simplificado – Código 1163”? (11% sobre o mínimo). Ou é obrigatório recolher 20% sobre os ganhos? Alguns vídeos no… Read more »

Hipolito dos Santos Francisco
Hipolito dos Santos Francisco

Oi André tudo bem?

Sim, o profissional autônomo é contribuinte do INSS com a alíquota de 20% sobre os rendimentos, respeitados o teto de contribuição do INSS.
Caso este autônomo preste serviços somente para pessoas físicas e não tenha nenhum vínculo de emprego com pessoa jurídica poderá optar pelo recolhimento simplificado de 11% no GPS código 1163. Respondido? Caso de dúvidas, estamos à disposição!

Ricardo
Ricardo

Olá, queria saber como devo declarar a bolsa de estudos recebida no exterior paga por instituição estrangeira, sendo que ela é paga apenas para que eu estude, sem contrapartida.

Hipolito dos Santos Francisco
Hipolito dos Santos Francisco

Oi Ricardo, tudo certo?

Se o cliente estiver dentro das regras de obrigatoriedade da entrega do IRPF todos os rendimentos devem ser declarados, inclusive os rendimentos desta bolsa de estudo. A exceção é que esta bolsa de estudo se caracterize como doação, tornando-se ela isenta do IRPF. Respondido? Obrigado pela participação.

Carlos Alberto de Souza
Carlos Alberto de Souza

Olá. Recebi, mensalmente, em 2019, um valor de R$ 1300 de aluguel, entretanto não fiz o carnê leão. Tem algum problema (pois espero colocar os valores na declaração de ajuste)?

No aluguel que recebo a pessoal física paga uma parte das despesas com condomínio, mas tem uma parte (débito trabalhista do condomínio) que é minha. Posso deduzir essa despesa?

Obrigado

Hipolito dos Santos Francisco
Hipolito dos Santos Francisco

OI Carlos, tudo bem?

Os recebimentos a título de aluguel precisam ser informados mensalmente no carnê-leão, mesmo que não gere IRRF a pagar. Estes valores do carnê-leão devem ser importados para o programa do IRPF agora na declaração de ajuste anual.

As despesas de condomínio podem ser deduzidas somente se forem pagas pelo Locador, ou seja, somente se pagas pelo proprietário do imóvel.

Respondido? Conte sempre conosco!

Mara
Mara

Bom dia! Um oficial de cartório qua assumiu outro cartorio , em outro municipio , interinamente. Como sera feito a apuração do livro caixa? Faz separado , um para cada cartório. Ou um unico livro caixa para os dois?

Hipolito dos Santos Francisco
Hipolito dos Santos Francisco

Bom dia Mara!

Neste caso faz apenas um livro-caixa com os recebimentos de ambos os cartórios.

Abraço!

Sheree
Sheree

Boa Noite. Aluguei agora em 2020 minha casa, por imobiliária. R$1000,00/mês – r$100,00 fica para a imobiliária e recebo o restante R$900,00. Comecei a receber Fev/2020. Tenho como proprietária de declarar no carnê Leão mensalmente por Darf? Em 2021 na Declaração do IRPF somo tudo (R$9.900,00) dos 11 meses recebido em 2020 e informo? Esse valor Anual não vai dar problema nos cruzamentos de dados Receita/Carnê Leão?Qual o passo a passo para fazer correto? Obrigada.

Hipolito dos Santos Francisco
Hipolito dos Santos Francisco

Olá, tudo bem? Sim, precisa informar estes valores mensalmente no programa carnê-leão e como o valor está dentro da faixa de isenção da tabela progressiva do IRPF não terá DARF mensalmente. Na declaração de ajuste anual em 2021 deverá importar o carnê-leão para o programa do IRPF. Este valor acumulado de aluguel recebido será somado aos demais rendimentos tributáveis para fins apuração do IR a pagar ou a restituir conforme o caso. Nos cruzamentos da RFB somente dará problema se o recebimento de aluguel não for declarado, pois a imobiliária que faz a intermediação faz a informação na DIMOB que… Read more »

Davi
Davi

Sou funcionário Público, abri meu consultório de dentista em janeiro… Janeiro e fevereiro tive alguns atendimentos totalizando R$3000,00 em março R$500,00 em julho e 9.000,00 em setembro. Nos outros meses não atendi.
Sou obrigado a preencher o carne leão mesmo que não atendi todos os meses? Se sim, nos meses que não tive atendimento devo preencher alguma informação no carne leão?. Obs. Nesses meses também não tive despesas de aluguel, etc.

Hipolito dos Santos Francisco
Hipolito dos Santos Francisco

Oi Davi, bom dia!

Sim, o carnê-leão é de preenchimento mensal obrigatório. Nos meses que não teve nenhum recebimento só informar o valor R$ 0,00 em recebimentos.

Abraço!

Fernanda
Fernanda

Vi que o cálculo dos darfs atrasados podem ser feitos pelo SICALC, seria só isso? No caso, sou profissional autônoma e não fiz o carnê-leão. Quanto às deduções, no programa do carnê-leão vi que eu conseguiria descontar gastos com luz, internet, aluguel de consultório, etc; consigo fazer isto pelo SICALC também? Vocês conseguiriam me mandar por email um orçamento para este tipo de serviço?

Hipolito dos Santos Francisco
Hipolito dos Santos Francisco

Oi Fernanda!

Sim, os gastos necessário para o exercício de sua atividade no consultório podem ser deduzidos na apuração do IRPF.
Para recalcular o IR com as deduções é somente preenchendo o carnê-leão. O darf atualizado com juros e multa pode ser gerado pelo sicalweb mesmo.

Atualmente só prestamos assessoria para pessoas jurídicas, então não podemos passar um orçamento deste trabalho de geração das guias.

Obrigado pelo contato!

Raphaela
Raphaela

Oi, eu comecei a trabalhar para uma empresa da Califórnia, EUA e recebo em dólares. Sou como uma consultora independente para eles. Eu preciso pagar o Carnê Leão? A partir de qual valor seria mais vantajoso receber o salário como PJ?

Hipolito dos Santos Francisco
Hipolito dos Santos Francisco

Oi Raphaela, tudo bem?

Sim, no caso de recebimento pelo trabalho prestado ao exterior é obrigatório o preenchimento do carnê-leão e tributação pela tabela progressiva do IRPF.
Se você recebe valores mensais acima de 2.826,66 já compensa receber os valores via PJ, pois a tributação pode ficar em 6% (dependendo do faturamento mensal) no simples nacional pelo anexo III.

Respondido? Qualquer dúvida estamos aqui!

Raphaela
Raphaela

Respondido! (mas só uma dúvida: 2.826,66 dólares ou reais?) Muito obrigada!

Bruno Martins
Bruno Martins

Sou uber, e como comprovação de renda fui declarar meu ir esse ano. Porém me assustei ao descobrir o valor para pagar. Aí fui orientado a utilizar o carnê leão, lá lanço tudo que recebi e deduzo despesas operacionais. Minhas dúvidas são: 1. Como me inscrevo no carnê leão?
2. Ao realizar os lançamentos ele me indica o valor para pagar de imposto ao final do mês, ao final do ano também informa a minha situação.
3. Quanto a declaração desse ano, lanço todos os valores que recebi utilizando como fonte pagadora meu mei?

Hipolito dos Santos Francisco
Hipolito dos Santos Francisco

Boa tarde Bruno!

Não é necessário se inscrever no Carnê Leão, ele corresponde a uma declaração entregue mensalmente com o detalhamento de receitas e despesas do período.
Ele será uma das informações que constarão em sua declaração de imposto de renda, e os valores pagos mensalmente poderão ser abatidos de sua apuração anual.
O Carnê Leão é usado para rendimento recebidos de PF para PF, nesse caso se os valores valores que recebe como Uber caem em sua conta bancária de PJ não se aplica a entrega desta declaração.

Respondido? Fique com a gente que sempre vamos ter conteúdos novos para você.

Maciel de Oliveira Rocha
Maciel de Oliveira Rocha

Boa tarde. sou funcionário público com duas matrícula e não há o desconto na fonte do imposto de renda durante o ano, pois cada salário individualmente não alcança o teto para o desconto na fonte. E no preenchimento da declaração com os dois rendimentos gera imposto a pagar. Esse imposto pago pode ser incluindo e deduzido na declaração posteriores.

Hipolito dos Santos Francisco
Hipolito dos Santos Francisco

Tudo bem Maciel?

Não pode porque os dois salários são rendimentos tributáveis que são somados na declaração anual do IRPF e o imposto de renda não pode ser deduzido em anos seguintes – deduções valem apenas para o mesmo ano do pagamento/desconto do imposto.

Respondido? Continue acessando nossos conteúdos!

Abraço

Leonardo
Leonardo

Informei no Carne Leao durante o ano de 2019 que possuo um dependente, nem sempre tive que recolher o imposto mensal vez que em alguns meses os valores eram inferiores ao mínimo necessário. Devo incluir o dependente também na declaraçao anual 2020 ou isso geraria deduçao em duplicidade? Obrigado.

Hipolito dos Santos Francisco
Hipolito dos Santos Francisco

Boa tarde Leonardo!

Sim, esse dependente deve ser incluído agora no IRPF. Vale lembrar que o IRPF entregue até 30/04 é uma declaração de ajuste anual e o carnê leão é uma antecipação do pagamento de impostos.

Abraço!

Taty
Taty

Ola, boa noite Hipolito!

Trabalho CLT em uma determinada empresa e, além disso, comecei a receber em Novembro/19 aluguel de 2 imóveis, totalizando R$2760,00.
Devo pagar o Carnê Leão mesmo tendo declarado no IR? Vou ter que pagar desde Nov19?

Obrigada

Hipolito dos Santos Francisco
Hipolito dos Santos Francisco

Olá Taty, tudo bem?

O correto é recolher via carnê leão. Mas se foi declarado no IRPF em 2020 não deve pagar o carnê leão para não ficar duplicado.

qualquer dúvida, estamos à disposição!

Newton Franke
Newton Franke

preencher o carnê leão mesmo sendo com o valor isento, gera multa por atraso?

Hipolito dos Santos Francisco
Hipolito dos Santos Francisco

Newton, boa tarde!

Não tem carnê-leão para isento, ele é apenas para declarar rendimentos e gerar o Imposto de Renda. No caso da declaração anual (IRPF) também não existe mais a obrigatoriedade para pessoas físicas isentas.

abraço!

Fernanda
Fernanda

Boa tarde Vitor.
Meu marido é arquiteto. Dá aulas na universidade, com registro em carteira e desconto em folha, e também faz projetos e acompanhamento de obras como autônomo. Ano passado não pagou o carnê-leão desta parte de autônomo. Lancei agora no IR dele as 2 fontes de renda e vou recolher a diferença. Vai ter problema? Obrigada.

Hipolito dos Santos Francisco
Hipolito dos Santos Francisco

Oi Fernanda, boa tarde!

Não tem problema, a declaração de ajuste anual é para esse fim também. De qualquer forma, o procedimento correto é o pagamento mensal do imposto de renda mensal (ou por ocorrência) através do carnê leão.

Abraço!

Marcelo
Marcelo

Gostaria de sanar um duvida se me permitem. Em 2019, exerci atividades com CLT e remuneradas mensalmente, dentro das normas legais. Mas concomitantemente a noite , de Março a Dezembro estive trabalhando num projeto social ministrando aulas durante 9 meses, onde a instituição somente recolhia o INSS. Como faço para declarar esse montante de R$ 3.600,00 recebido em 2019 pois foi como se eu estivesse prestando trabalho autônomo. Sem mais, agradeço antecipadamente. Obrigado!

Hipolito dos Santos Francisco
Hipolito dos Santos Francisco

Oi Marcelo!

Esse valor precisa ser declarado como rendimento tributável junto com os valores recebidos como CLT.

Abraço!

Clelia a s vieira
Clelia a s vieira

Olá
Eu trabalho com carteira assinada e recebo pensão alimentícia no valor de mil reais preciso fazer o carne Leão?

Hipolito dos Santos Francisco
Hipolito dos Santos Francisco

Oi Clelia!

Sim, mesmo que o valor esteja na faixa de isenção é preciso fazer o preenchimento do carnê-leão e informar estes valores na declaração de ajuste anual.
Cabe ressaltar que o carnê-leão deve ser feito em nome do beneficiário da pensão.
Por exemplo: uma mãe recebe em sua conta corrente a pensão alimentícia de seu filho. Neste caso o beneficiário da pensão é o filho.

Abraço!

Luzia
Luzia

Minha empresa não retem imposto de renda na fonte, pois é uma empresa japonesa e eles me disseram que pela legislação não podem reter o IR na fonte. Tenho vinculo empregatício CLT.
No ano passado fiz o imposto de renda e paguei um valor em salgado. Eu tenho que recolher o carnê leão nesse caso? Caso eu recolha o Carnê leão mensalmente o valor de imposto a ser pago seria menor? Ou daria na mesma?

Hipolito dos Santos Francisco
Hipolito dos Santos Francisco

Boa tarde Luzia! Neste caso seria preciso mais detalhes sobre a forma que você presta serviços para esta empresa, no entanto, via de regra se você tem vínculo CLT e esta empresa japonesa está sediada no Brasil ela deve obrigatoriamente fazer a retenção do IRRF mensalmente. Caso esta retenção não seja feita a empresa fica sujeita a multa. No seu IRPF você tem duas opções: Deixar pra recolher tudo na declaração de ajuste anual ou optar por fazer o recolhimento complementar IRPF (também chamado de Mensalão). Neste caso não é devido a informação no carnê-leão, pois o mesmo refere-se basicamente… Read more »

J. Mattos
J. Mattos

Boa Noite Vitor!
Sou profissional liberal sem vínculo e recebo de pessoa física. Devo pagar tanto o Carnê Leão quanto a Guia de previdência no INSS? Uma coisa invalida a outra ou são bem distintas?
Em 2019 paguei o INSS, mas não paguei o Carnê Leão (não sabia da existência) como faço agora? Isso pode me gerar prejuízos na declaração do Imposto de renda?
Agradeço sua ajuda!

Hipolito dos Santos Francisco
Hipolito dos Santos Francisco

Boa tarde J. Mattos! Ambos os pagamentos são obrigatórios, ou seja, um não exclui o outro. Como profissional autônomo recebendo de pessoa física você fica sujeito ao pagamento do INSS como contribuinte individual. Este pagamento ao INSS é o que vai te dar direito aos benefícios previdenciários, como por exemplo, aposentadoria. Já o pagamento do IRRF é de acordo com os seus rendimentos pela tabela progressiva do IRPF sendo calculados mensalmente através do programa Carnê-Leão. Caso em 2019 você tenha tido rendimentos mensais superiores a faixa de isenção do IRPF de R$ 1.903,99 é recomendado fazer o preenchimento do carnê-leão… Read more »

Iasmin
Iasmin

Olá, tenho emprestado minha conta para minha tia realizar pagamentos de boletos do estabelecimento, e são valores bem altos, qual as chances de serem cobrados taxas e impostos.

Hipolito dos Santos Francisco
Hipolito dos Santos Francisco

Bom dia!

As mesmas que teria se os boletos fossem seus. A conta que está passando os pagamentos e entrando dinheiro para paga-los é sua. Não sugerimos como boa prática empréstimo de conta para qualquer motivo.

Att.

Contabilizei