Gestão e Negócios

Dicas de Práticas Comerciais para Tempos de Crise

Atualizado em 30 abr 2020

A vida dos empreendedores virou de cabeça para baixo nas últimas semanas. Em tempos de pandemia e isolamento social, muitos estão passando por um momento de insegurança com seus negócios. Mas, tenha calma! É possível adotar novas práticas comerciais na crise para driblar os problemas e salvar a sua empresa.

Nesse artigo vamos apresentar algumas ideias e dicas de serviços gratuitos ou de baixo custo para aproveitar as oportunidades e reduzir custos durante esse período de pandemia do coronavírus (covid-19). Assim, sua micro e pequena empresa conseguirá um fôlego para continuar no mercado e superar mais este desafio. 

Práticas Comerciais na Crise do Coronavírus (Covid-19)

Tempos difíceis exigem novas posturas. Para não deixar seu negócio ser duramente afetado pela pandemia, é preciso pensar em ações diferentes para continuar vendendo e lucrando mesmo com o isolamento social dos seus funcionários e clientes.

Felizmente a tecnologia é uma grande aliada nessa situação, oferecendo diversas soluções acessíveis aos empreendedores tanto para contar com o trabalho dos colaboradores, quanto para alcançar o público, mesmo que remotamente. 

Agora é a hora de se reinventar e abrir a cabeça para novas ideias. Confira agora algumas orientações para ajudar sua empresa a sobreviver diante dessa crise.

Implementar o home office / trabalho remoto

A crise do coronavírus trouxe um grande desafio a gestão de pessoas: Nos negócios não considerados serviços essenciais, como manter a empresa funcionando e os colaboradores ativos?

Quando possível, muitas empresas estão aderindo ao trabalho remoto como forma de contornar as dificuldades do isolamento social. Essa modalidade foi regulamentada após a Reforma Trabalhista de 2017, permitindo a flexibilidade nos horários e locais de serviço. Posteriormente, já durante a crise o governo estabeleceu a MEDIDA PROVISÓRIA Nº 927, que regulariza diversas situações decorrentes da pandemia e do isolamento social.

As rotinas administrativas, por exemplo, podem ser realizadas pelos funcionários nos computadores e aparelhos eletrônicos da empresa a partir de suas casas, reduzindo assim os prejuízos produtivos e respeitando as orientações de saúde.  

Nesse sentido, é importante orientar os colaboradores a manterem uma rotina de trabalho, ampliar a comunicação dos líderes com os times, mesmo em seus domicílios, e garantir que todos tenham acesso aos equipamentos, softwares, logins e informações necessárias para realizar suas funções. 

Algumas ferramentas como o Trello, Pipefy e Runrun.it e Google podem ajudar a melhorar a produtividade dos colaboradores ao oferecem uma plataforma de gestão de processos. Assim os líderes podem acompanhar o progresso dos trabalhos dos colaboradores e suas entregas. 

É possível usar ferramentas como Google Hangouts, Skype, WhatsApp e Zoom para fazer videoconferências com os funcionários, trocando ideias, tirando dúvidas com os gestores e resolvendo problemas. Assim é mais fácil suprir a falta das reuniões presenciais e os funcionários podem seguir as orientações de saúde e manter o isolamento social.

Confira outras soluções que podem te auxiliar nesse momento com o nosso artigo 10 ferramentas que vão ajudar a Gestão da sua empresa!

Importante lembrar!

Naquelas atividades em que os profissionais não podem atuar remotamente deve-se manter as condições de trabalho com segurança, sendo disponibilizado álcool em gel e máscaras de proteção a eles. Além disso, o espaço da empresa tem que ser constantemente higienizado e assegurar uma distância considerável (2m) entre os colegas e também com os clientes. 

Oferecer atendimento online e vouchers pré-pagos

Se sua empresa trabalha com serviços, uma ótima ideia é oferecer atendimentos virtuais, usando as mesmas ferramentas de videoconferência que citamos anteriormente. Desta forma você mantém seu negócio funcionando e o contato com o cliente.

Mas, caso sua atividade demande o modelo presencial, uma dica é oferecer vouchers pré pagos aos seus clientes, ou seja o cliente paga agora e adquire o serviço para ser realizado após o período de isolamento social. Muitos profissionais autônomos estão adotando essa estratégia para manter o caixa da empresa girando e pagar as suas contas. 

Fazer parcerias com outros empreendedores

Nesse momento de crise talvez uma das armas mais importantes seja a união: para lidar com a pandemia ou garantir o funcionamento da sua empresa, contar com a colaboração de outros pode ser a chave para saírem juntos dessa crise.

Uma ótima ideia é fazer parcerias com outros empreendedores para oferecer condições especiais aos seus clientes, como formar combos ou propiciar um serviço de entregas. Imagine divulgar produtos complementares com uma outra loja e assim alavancar as vendas de ambos; ou aliar o sistema de delivery e deixar o público aproveitar suas ofertas no conforto de casa, continuando a consumir sem deixar de seguir as medidas de saúde! 

Além de possibilitar as vendas, essa união ainda pode ajudar a reduzir os custos de operação das duas empresas — algo muito importante em tempos de incertezas econômicas. 

Aliás, essa ideia também pode ser adotada na relação com os fornecedores: converse com os seus parceiros para se unirem e superarem esse momento de crise juntos. Negocie prazos, valores e outras condições para que sejam vantajosas e realistas a ambos. 

Adotar o e-commerce

Muitas empresas já usam as lojas virtuais para vender e, ainda mais agora, esse modelo será essencial para sobreviver à crise. Se os clientes não podem ir a sua empresa, leve seus produtos e serviços até eles! 

Isso pode ser feito por meio de um site próprio, parceria com marketplaces — plataformas online que divulgam os produtos de diferentes empresas —, serviços parceiros ou então nas redes sociais como Facebook, Instagram e até mesmo Whatsapp. Desta forma você consegue manter as vendas, mesmo que sua loja física esteja fechada. 

Porém, ao adotar esse modelo, é preciso cuidar de questões específicas: 

  • Preparar o estoque e as operações para atender essas demandas — para evitar que o cliente peça o produto/serviço e se frustre por estar indisponível;
  • Ter funcionários prontos para falar com os clientes em diversos canais de vendas — isso é possível até de ser feito no home office, com os colaboradores atendendo pelo WhatsApp, Facebook e outros canais da loja;
  • Oferecer um serviço de entregas — para facilitar a vida dos clientes e alcançar aqueles que estão fazendo isolamento social; 
  • Investir na qualidade, design e informações dos canais online — para passar uma imagem de seriedade e profissionalismo;
  • Montar anúncios atraentes e úteis — assim é possível destacar sua loja das outras ofertas e aumentar as suas vendas com um investimento relativamente baixo.

Outra dica nesse processo é usar ferramentas como o CRM (Customer Relationship Management), que facilitam o contato da sua empresa com os clientes. Nesses sistemas é possível acompanhar o comportamento do público nos seus canais digitais para lhes oferecer uma experiência mais personalizada.

E uma excelente notícia: há versões gratuitas de CRM disponíveis no mercado, como o Hubspot, RD Station e Agendor! Desta forma você economiza e tem em mãos uma ótima ferramenta para tornar seus canais e vendas online mais eficientes e lucrativas. 

Assim você tem um novo canal de vendas para manter sua empresa funcionando mesmo em períodos de isolamento social — isso com soluções de baixo investimento. 

Use novas práticas para novos desafios

Por mais desafiador que esse momento seja, somente com criatividade e coragem é possível sair da crise ainda mais forte e manter a empresa funcionando e os colaboradores empregados.

Felizmente a tecnologia oferece uma série de facilidades — de trabalho remoto, contato com outros empreendedores para formar parcerias, ferramentas especiais e novos canais de divulgação — que vão te ajudar a manter as vendas e expandir a sua cartela de clientes. 

Existem tantas soluções baratas ou até gratuitas disponíveis a alguns cliques de distância. Os empreendedores devem se aproveitar dessas possibilidades e da sua rede de contatos e parcerias para, juntos, implementarem novas práticas comerciais e fazerem seus negócios sobreviverem à crise. 

E essa ajuda é bem vinda inclusive para manter a contabilidade em dia, especialmente no meio de todo esse cenário complexo em que novas medidas governamentais passam a valer. 

Você precisa de uma mão para ficar de olho nesses assuntos enquanto cuida da parte mais importante: a manutenção das vendas e a sua segurança e de seus colaboradores. Conte com a Contabilizei nesse momento para te deixar bem informado sobre as questões legais e cumprir suas obrigações tributárias. 

Fique de sabendo das medidas governamentais e outras questões relacionadas ao tema com nossos conteúdos sobre o impacto do coronavírus nas micro e pequenas empresas. 

Contabilizei

A Contabilizei é líder em abertura de empresas no Brasil e mantém esse blog para levar conteúdo de qualidade aos pequenos empreendedores.

Deixe um comentário

avatar