Gestão e Negócios

Como calcular o lucro de uma empresa? Descubra!

Atualizado em 16 jul 2020

O primeiro passo para descobrir como calcular o lucro de uma empresa é saber quais valores devem fazer parte dessa fórmula. Em seguida, entender a diferença entre lucro bruto e lucro líquido é essencial para identificar se, de fato, seu negócio está em crescimento.


De acordo com o dicionário Aurélio, uma das definições de lucro é “o que foi ganho e/ou recebido através de uma comercialização, ou ato econômico”. 

Por mais que o conceito pareça claro, bastando subtrair o valor de venda do custo do produto para chegar ao resultado, saber como calcular o lucro de uma empresa envolve várias outras vertentes.

Lucro bruto, lucro líquido, margem de lucro, rentabilidade, lucratividade são algumas definições que fazem parte dessa conta e todas serão explicadas neste post. Para entender melhor, continue a leitura!

O que é lucro?

De maneira bem rápida, podemos considerar como lucro o valor recebido proveniente da venda de um produto ou serviço após subtrair os gastos com sua aquisição, ou fabricação.

No entanto, por mais que pareça uma conta simples, saber como calcular o lucro de uma empresa consiste em entender outros fatores. O primeiro é compreender que o lucro está totalmente ligado à saúde financeira da sua empresa e ao sucesso do seu negócio. 

Ou seja, empresas que trabalham no vermelho reduzem consideravelmente suas chances de crescimento, já que todo dinheiro que entra é utilizado para pagar as contas básicas para se manter aberta.

Outra questão é conhecer a diferença entre os lucros, entre eles o normal e o econômico. O lucro normal é a quantia que um negócio precisa para operar sem problemas, suprindo suas despesas básicas sem que quebre ou entre em falência.

Quanto ao lucro econômico, podemos considerar o valor excedente, ou seja, o que realmente sobra após excluir todas as despesas, inclusive o lucro normal.

CTA Migração-D

O que é lucro bruto e lucro líquido?

Além disso, temos outros dois indicadores que entram efetivamente na conta quando buscamos saber como calcular o lucro de uma empresa, que são o bruto e o líquido. 

Lucro bruto

O lucro bruto, também denominado como “lucro de vendas” ou “lucro operacional bruto”, refere-se ao resultado da subtração da receita total e dos custos variáveis, ou seja:

lucro bruto = receitas totais – custos variáveis

Para receita total considere o valor obtido com as vendas. Para os custos variáveis, tudo o que for relacionado ao gasto para a produção/aquisição de um produto ou oferta de um serviço ao cliente.

Como exemplo, pense em um comércio que trabalha com a venda de material de construção. Um saco de cimento é vendido ao cliente final por R$ 20, mas sua aquisição para revenda é de R$ 15. Assim, o lucro bruto dessa empresa é de R$ 5 por item.

Lucro líquido

Já o lucro líquido considera os custos variáveis, mas também os fixos, que são todas as despesas necessárias para se manter um negócio, tais como: água, luz, internet, aluguel, salários, impostos, etc. — sim, todas essas despesas devem ser consideradas quando se busca entender como calcular o lucro de uma empresa.

Assim, a fórmula para chegar ao lucro líquido é:

lucro líquido = receita total – custo total

Para ficar mais claro, veja este exemplo: uma loja vendeu R$ 10 mil em roupas durante o mês. Com custos variáveis, aqueles referentes à aquisição dos produtos, foram gastos R$ 2 mil. Entre comissões e despesas fixas, mais R$ 3 mil. Dessa forma, a loja teve um lucro líquido de R$ 5 mil: 10.000 – (2.000 + 3.000) = 5.000

Como calcular o lucro de uma empresa?

Com essas definições em mente, fica ainda mais fácil entender como calcular o lucro da sua empresa e encontrar os valores reais.

Para começar, é preciso ter em mãos todos os números gerados por seu negócio, incluindo:

  • total gasto com despesas fixas;
  • total gasto com despesas variáveis;
  • total de vendas;
  • custos necessários para a prestação dos serviços aos clientes;
  • custos para aquisição ou fabricação dos produtos comercializados.

Por isso, o acompanhamento pontual de toda movimentação financeira e o suporte de uma contabilidade são essenciais para fazer esse cálculo e identificar realmente quanto de lucro sua empresa está gerando.

Com as informações, basta aplicar as fórmulas para encontrar o lucro bruto ou o lucro líquido do seu negócio.

Qual a diferença entre lucro, rentabilidade e lucratividade?

Mas o resultado dessa conta corresponde ao lucro, à rentabilidade ou a lucratividade? Quando se descobre como calcular o lucro de uma empresa, é importante ter claro na mente a diferença entre esses três conceitos que, apesar de parecerem iguais, são bem diferentes.

É esse esclarecimento que vai ajudar você a definir os próximos passos rumo ao sucesso do seu negócio, pois seus resultados evidenciam quanto sua empresa está ou não crescendo, permitindo ajustes para melhoria, expansão e tomada de decisões.

Como já mencionado, o lucro é o resultado positivo de uma transação comercial após a subtração dos valores correspondentes a custos e despesas, podendo ser bruto ou líquido.

A rentabilidade é encontrada ao relacionar o valor investido em um negócio ao seu lucro líquido. Ou seja, se você investiu R$ 10 mil para abrir o seu negócio e hoje ele corresponde a R$ 15 mil, sua rentabilidade foi de 50%, pois o investimento se manteve e rendeu mais R$ 5 mil.

Já a lucratividade é um percentual definido entre o lucro líquido e o valor total das vendas. Em outras palavras, indica quanto (em porcentagem) uma empresa consegue ganhar com suas atividades.

CTA Migração-G

A importância da lucratividade

A lucratividade de uma empresa pode ser mensurada mensal, trimestral, semestral ou anualmente, tudo depende do indicador utilizado. Basicamente, sua fórmula é:

lucratividade = (lucro líquido / receita total) x 100

Para que você possa entender melhor, podemos usar o seguinte exemplo: imagine que, após fazer os cálculos, tenha chegado a R$ 100 mil em receita total (vendas) e R$ 18 mil em lucro líquido. Aplicando a fórmula, temos o seguinte resultado:

  • lucratividade = (R$ 18 mil / R$ 100 mil) x 100
  • lucratividade = 0,18 x 100
  • lucratividade = 18%

A lucratividade é um importante indicador financeiro que aponta a eficiência operacional de um negócio, impactando diretamente no seu nível de competitividade no mercado.

Por isso, para que você realmente tenha sucesso é fundamental, além de saber como se calcula o lucro de uma empresa, entender a diferença entre esse e os demais conceitos e, assim, ter uma visão clara do faturamento do seu negócio.

como-calcular-lucro-dolares

O que mais você precisa saber sobre lucro? 3 dúvidas esclarecidas!

A essa altura você já deve ter percebido que para entender como se calcula o lucro de uma empresa é preciso compreender diferentes pontos. 

Mesmo com toda essa explicação, sabemos que é comum surgirem outras dúvidas que todo empreendedor tem, por isso, separamos as 3 mais comuns para responder agora.

1. Posso ter lucro superior a 100%?

Não é possível ter lucro acima de 100%, pois esse é calculado a partir do preço de venda e não do de custo. Por exemplo, se um item é adquirido por sua empresa a R$ 25 e vendido a R$ 100, significa que obteve 75% de lucro, que é o valor referente ao retorno líquido do investimento.

2. O que é margem de lucro?

Margem de lucro é um percentual somado aos custos totais de um produto ou serviço e que será retirado para a sua empresa. Diretamente ligada à precificação, quanto maior, mais a sua empresa lucra. Por outro lado, se muito elevada, pode encarecer o que está sendo oferecido ao cliente, comprometer suas vendas e sua competitividade. 

3. Como determinar um preço de venda que alcance o lucro desejado?

A melhor forma de determinar o preço de um produto ou serviço que alcance o lucro que a sua empresa precisa é através do Mark Up, ou Markup. Esse é um índice multiplicador aplicado sobre o custo do que está sendo comercializado para determinar seu preço de venda.

A fórmula do Mark Up considera três fatores: despesas fixas, despesas variáveis e margem de lucro pretendida e as transforma em percentuais. Mas para efetuar o cálculo, ainda é preciso considerar o custo de aquisição, produção ou, no caso de prestação de serviços, hora-trabalho.

Para exemplificar, considere:

  • despesas fixas (DF) = 12%;
  • despesas variáveis (DV) = 15%;
  • margem de lucro pretendida (MLP) = 18%;
  • custo de produção (CP): R$ 30

Agora, aplique a fórmula Mark Up, que é: 100/ [100 – (DF + DV + MLP)]. O resultado deve ser multiplicado pelo custo de produção, ficando da seguinte forma:

  • 100/100 – (12+15+18)
  • 100/55 = 1,82
  • 1,82 x CP = R$ 54,60

Nesse caso, o preço do produto ou serviço ao cliente deve ser de R$ 54,60, a fim de conseguir 18% de lucro.

Conclusão

Saber como calcular o lucro de uma empresa pode parecer complicado no começo, porém, depois que se entende o conceito e quais valores fazem parte dessa conta, tudo fica mais fácil. 

O principal para chegar a resultados reais é ter um bom controle financeiro da sua empresa, registrando todas as entradas e saídas. Por isso, uma boa administração, atrelada a um serviço de contabilidade de confiança é essencial para o crescimento do seu negócio. 

Obrigado

Assine nossa newsletter e
receba conteúdos exclusivos



Entre para a Contabilizei

Contabilizei

A Contabilizei é líder em abertura de empresas no Brasil e mantém esse blog para levar conteúdo de qualidade aos pequenos empreendedores.

Deixe um comentário

avatar