Sustentabilidade empresarial: O que é? Desenvolvimento de maneira sustentável

| Atualizado em 13/11/20 | 12 minutos de leitura

Sustentabilidade é uma maneira de preservar o meio ambiente, gerar mais qualidade de vida para as pessoas e, ao mesmo tempo, manter a sua empresa lucrativa.

Sustentabilidade é uma forma de gerar lucros para a sua empresa sem que as suas atividades causem impactos negativos na vida das pessoas e na natureza.

É, por exemplo, usar água e energia elétrica de maneira consciente, gerenciar corretamente os resíduos sólidos provenientes do seu negócio, pagar salários justos, oferecer bom ambiente e local de trabalho, entre outras ações.

Mas se você pensa que a preocupação com a sustentabilidade é algo comum (e necessário) apenas às grandes empresas, se engana. Cada vez mais, micro e pequenos negócios estão aplicando esse conceito aos seus modelos de negócio.

Prova disso pode ser visto na pesquisa “Engajamento dos pequenos negócios brasileiros em sustentabilidade e aos ODS”, realizada pelo Sebrae.

Para compor esse levantamento, o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas conversou com 1.887 empreendedores dos setores de agropecuária, indústria, comércio e serviços.

O resultado foi que 90% dos micro e pequenos empresários concordam que suas empresas têm papel importante no processo de sustentabilidade brasileiro, principalmente no que diz respeito à economia local.

Entre os motivos que levaram a adotar práticas para atender a esse conceito estão colaborar com a preservação ambiental (67%), reduzir custos (20%), melhorar o marketing e a propaganda (3%) e atender as legislações vigentes (2%).

Como a sua empresa pode fazer parte dessa tendência empresarial? Quais as vantagens para o seu negócio? Confira agora! 

O que é sustentabilidade?

O conceito de sustentabilidade pode ser definido como uma maneira das empresas obterem lucros sem comprometer o meio ambiente e o bem-estar da população para isso.

Para atender esse conceito é preciso abranger três importantes pilares, que são:

  • Econômico
  • Social 
  • Ambiental

Os pilares da sustentabilidade

O atendimento dos 3 pilares da sustentabilidade para micro e pequenos negócios é fundamental, pois garantem o bem-estar e a qualidade de vida a todas as pessoas que têm, de alguma forma, relação com a empresa.

Suas ações ajudam a desenvolver a comunidade e a preservar os recursos naturais, permitindo que as futuras gerações desfrutem de um meio ambiente equilibrado.

1. Econômico

O pilar econômico visa os lucros de uma empresa, ou seja, cria e aplica ações que promovem um negócio economicamente viável.

Para isso, questões como baixo volume de dívidas, pagamentos de fornecedores e de colaboradores dentro dos prazos, boa lucratividade e fluxo de caixa organizado devem ser considerados.

Controle o fluxo de caixa diário, semanal ou mensal da sua empresa

 com nossa planilha gratuita

2. Social 

O pilar social no conceito de sustentabilidade diz respeito a tomar iniciativas que causem impacto positivo na vida das pessoas envolvidas com a sua empresa, direta ou indiretamente.

Para alcançar esse objetivo, estão inclusos o pagamento de salários justos aos funcionários e a promoção de um local de trabalho digno e adequado para as funções.

Além disso, é preciso pensar no relacionamento com os fornecedores, mantendo a ética, o respeito e o cumprimento dos acordos feitos.

É também bem importante atender a comunidade ao redor. Uma forma de fazer isso é incluindo-a nas atividades da sua empresa, por exemplo, dando preferência, sempre que possível, à mão de obra local.

3. Ambiental

A questão ambiental acaba sendo a mais óbvia quando falamos em sustentabilidade. Ela abrange ações que a empresa adota para minimizar o impacto que suas atividades causam ao meio ambiente.

Dentro desse conceito é preciso pensar e aplicar estratégias que contribuam para diminuir o desperdício de materiais, promover a utilização mais eficiente e consciente de água e energia elétrica, a separação e destinação correta de resíduos sólidos etc.

Por que  a sustentabilidade para micro e pequenos negócios é importante?

Quem tem um negócio pequeno nem sempre pensa no impacto que a sua empresa pode causar na vida das pessoas e no ambiente ao seu redor, concorda?

Porém, se considerarmos que dados recentes apontam que o Brasil tem 19.228.025 empresas, sendo que dessas 17.293.316 são MEIs, MEs e EPPs — ou seja, micro e pequenos negócios —, fica mais claro quanto a participação desse grupo é importante para a sustentabilidade do nosso país.

Somado a isso, vale destacar também que esses negócios têm forte participação a economia brasileira, representando 30% do PIB, Produto Interno Bruto nacional.

Leia também “Porte de Empresa: Quais são as classificações? Veja como é definido nas diferentes instituições

Para o seu negócio, de forma direta, a sustentabilidade:

  • reduz o impacto que as suas atividades causam no meio ambiente;
  • reduz custos e permite uma gestão financeira mais adequada;
  • diminui o desperdício de matéria-prima;
  • proporciona mais qualidade de vida aos seus colaboradores;
  • fortalece a imagem da sua marca.

1. Reduz o impacto que as suas atividades causam no meio ambiente

Um dos objetivos de uma gestão sustentável é proteger o meio ambiente para nós e para gerações futuras. 

Ao criar ações para esse fim, sua empresa encontra maneiras de continuar lucrando, mas, ao mesmo tempo, evitar que as suas atividades impactem negativamente a natureza. 

Atitudes simples como diminuir ou eliminar o consumo de papel e de copos descartáveis, utilizar água de reuso, trocar as lâmpadas comuns pelas de LED já geram excelentes resultados para a sua empresa e para o planeta.

2. Reduz custos e permite uma gestão financeira mais adequada

Por sua vez, essas atitudes também geram economia para o seu negócio. Por exemplo, as lâmpadas de LED que acabamos de citar consomem 85% menos energia, ou seja, essa troca também vai resultar em uma conta de luz mais baixa.

Reciclar e/ou aproveitar materiais, ou mesmo rever processos que geram gastos são para a sua empresa são outras atitudes que contribuem bastante para esse processo.

3. Diminui o desperdício de matéria-prima 

Não é raro os empreendedores investirem em matéria-prima e ficar, por inúmeros motivos, com esses itens parados.

Além de representar um dinheiro que poderia ter sido aplicado de outra forma, é preciso pensar em toda a cadeia envolvida para a produção desses insumos.

Ou seja, uma empresa responsável pelo meio ambiente deve considerar também o impacto que as suas aquisições causam em outras áreas.

Por exemplo, adquirir mais papel ou material plástico do que o necessário pode resultar em um consumo maior de água para a produção desses itens, desmatamento etc.

Em resumo, a sustentabilidade de micro e pequenos negócios também é influenciada por um bom planejamento estratégico.

4. Proporciona mais qualidade de vida aos seus colaboradores

Uma empresa empregadora precisa pensar na qualidade de vida dos seus colaboradores. Dentro do conceito de sustentabilidade, essa questão tem relação direta com a promoção de um ambiente de trabalho adequado.

Aqui, fatores como equipamentos apropriados, higiene, segurança e bem-estar estão totalmente relacionados.

Vale lembrar também que locais de trabalho estressantes e sem as condições necessárias para realização das tarefas influenciam na saúde dos funcionários e, consequentemente, na produtividade.

5. Fortalece a imagem da sua marca

A soma de tudo isso resulta em uma empresa responsável socialmente, e o efeito pode ser visto na resposta dos consumidores.

Uma pesquisa mostrou que quase 90% dos consumidores brasileiros preferem comprar de marcas sustentáveis.

Hoje em dia, a exigência do público vai além da qualidade dos serviços, produtos e até do preço. A procedência e o impacto que o item adquirido causou também são levados em conta no momento da compra.

Por isso, ter uma empresa sustentável também pode resultar no aumento das suas vendas, uma vez que essa atitude vai ao encontro da atual necessidade dos clientes. 

Torne a sua empresa sustentável

Tornar o seu negócio sustentável não é tão difícil quanto parece. Ao contrário disso, bastam simples ações aplicadas em diferentes dimensões que, no todo, tornarão a sua empresa socialmente responsável, mais eficiente ecologicamente, além de mais lucrativa.

A fim de colaborar para a implementação da sustentabilidade nos micro e pequenos negócios, o Sebrae dividiu a aplicação do conceito em 12 dimensões.

Veja, agora, um pouco sobre cada uma.

1. Planejamento estratégico

O planejamento estratégico é o documento que vai nortear o seu negócio. Por isso, ele deve ser bem detalhado e abrange a missão, a visão e os valores. 

Para inserir o conceito de sustentabilidade no seu planejamento estratégico você deve:

  • fazer uma análise de mercado, comparando a sua empresa com os concorrentes e encontrando diferenciais;
  • identificar os pontos positivos e negativos da sua empresa;
  • focar nos seus objetivos;
  • valorizar a equipe;
  • avaliar os processos de modo que gerem menos impacto negativo.

2. Gestão financeira

Uma gestão financeira focada na sustentabilidade contribui para reduzir desperdícios, encontrar bons parceiros de negócios e estender os resultados positivos a todos os envolvidos, ou seja, colaboradores, fornecedores e clientes. 

3. Gestão de qualidade

Para uma boa gestão de qualidade é preciso pensar em toda a rede que envolve a fabricação dos seus produtos ou a entrega do seu serviço, tais como matéria-prima, colaboradores qualificados, redução de desperdício e boa administração.

4. Compras sustentáveis

Dar atenção para como os produtos e serviços adquiridos por sua empresa para as suas atividades também é uma forma de sustentabilidade. Ou seja, é verificar se o seu fornecedor também está aplicando essas boas práticas.

5. Encadeamento produtivo

O encadeamento produtivo é quando uma pequena empresa passa a fazer parte do processo de uma grande empresa. Têm mais chances de firmar essas parcerias micros e pequenos negócios que são sustentáveis.

6. Gestão de pessoas

Os colaboradores de uma empresa devem ser vistos como um dos seus ativos mais importantes. Por isso, uma boa gestão de pessoas faz parte do conceito de sustentabilidade.

Empresas com diversidade, por exemplo, abrem caminho para receberem novos pontos de vista e ideias que podem aprimorar o negócio.

7. Desenvolvimentos social

Incluir a sua empresa nos projetos sociais da região onde está, ou dar preferência para contratar pessoas que moram próximo ao seu negócio são algumas maneiras de ajudar a promover o desenvolvimento social desse local.

8. Gestão ambiental

Avaliar o ciclo de vida do seu produto ou serviço, escolher fornecedores que prezam pela sustentabilidade, aplicar a logística reversa são algumas ações que ajudam a ter uma gestão ambiental eficiente para a sua empresa.

9. Uso eficiente de água

Dependendo do segmento, o uso de água é essencial para a fabricação de produtos. Entre as maneiras de tornar esse consumo eficiente e sustentável é rever os seus processos, encontrando pontos que podem ter a redução do consumo desse bem.

10. Uso eficiente de energia

O mesmo vale para o uso eficiente de energia, por exemplo, com a aquisição de maquinários e equipamentos que consomem menos.

11. Gerenciamento de resíduos sólidos

O primeiro passo para um bom gerenciamento de resíduos sólidos é tentar reduzir seu volume. 

Em seguida, é preciso pensar na separação e na destinação correta, considerando que muitos itens tidos como lixo podem ser reciclados e gerar novas oportunidades de trabalho e de negócio, se não para a sua empresa, para outros setores.

12. Legislação, normas e certificações

As certificações são uma maneira de garantir para o seu público que a sua empresa segue os processos ambientalmente corretos nas suas etapas de produção. 

Além disso, o cumprimento de legislações e normas torna a sua empresa mais confiável, o que pode ser uma forma de atrair mais clientes e vender mais.

empresa-crescer-arvore

Mercado de consumo consciente

Lembra que mencionamos que os consumidores estão mais conscientes de suas aquisições? 

Para atender essa exigência mais sustentável pense em pontos que podem ser melhorados na sua empresa, como a oferta de produtos ecoeficientes, de refis etc.

Marketing e comunicação

Divulgar as ações que a sua empresa está desenvolvendo voltadas para sustentabilidade é uma forma de atrair público e também de convidá-los a participar desse processo em benefício de todos.

Políticas públicas

Conhecer as políticas públicas também faz parte do processo de tornar a sua empresa mais sustentável. Por exemplo, a Lei Geral das Micro e Pequenas Empresas que garante o acesso facilitado a créditos e a aquisição de bens e serviços pelo poder público.

Outra é a Política Nacional dos Resíduos Sólidos, que determina que todo cidadão, empresa ou órgão público é o responsável para destinação correta dos seus resíduos e por seus impactos.

Viu como não é tão difícil ganhar dinheiro sendo sustentável? Quer mais dicas de empreendedorismo? 

Então não deixe de ler o artigo “Como manter resultados de sucesso para pequenos e médios negócios em períodos incertos?

Quer ajuda para abrir uma empresa ou ter um CNPJ?

A Contabilizei é líder em abertura de empresas, deixe seus dados e nossos especialistas entrarão em contato.





TUDO CERTO!

Recebemos suas informações, logo nossos especialistas entrarão em contato.

Guilherme Soares

Escrito por:

Guilherme Soares

Guilherme é engenheiro formado pela Universidade de São Paulo com mestrado em administração de empresas pela London Business School. Guilherme atuou como consultor de estratégia de negócios na Bain & Company e liderou áreas de estratégia comercial e produtos na Latam Airlines Cargo e Cielo. Iniciou na Contabilizei em 2018.

Deixe um comentário

avatar