Veja quanto custa montar uma loja virtual em 2021

| Atualizado em 22/07/21 | 7 minutos de leitura

O valor depende do porte da empresa. Uma das dúvidas mais frequentes entre os(as) empreendedores(as) que pretendem entrar para o comércio eletrônico é “Quanto custa montar um e-commerce”. A resposta geralmente depende do tamanho do projeto e sobretudo do porte da empresa.

Resumidamente, o porte empresarial é o que determina o quanto uma empresa pode faturar ao longo de um ano. Ele também diz respeito à quantidade de funcionários que esta pode ter e aos tributos que ela deverá pagar, entre outras coisas.

E quando mencionamos o tema “e-commerce” nós estamos abordando sites de vendas como marketplaces, multi lojas, mas principalmente as lojas virtuais. Seja como for, confira em seguida algumas estimativas de investimento para montar um e-commerce.

ecommerce-compra-cartao

Quanto custa montar um e Commerce por porte de empresa?


Atualmente, no Brasil, quando o assunto é porte empresarial, nós podemos citar ao menos quatro tipos de empresas. Adiante, farei uma apresentação breve de cada tipo e mencionarei o custo de uma loja virtual para cada caso. Confira!

01 – MEI

Microempreendedor Individual (MEI) é o tipo de empresa que pode ter um dono e no máximo um funcionário. Seu faturamento anual não pode ultrapassar os R$ 81 mil (dados de 2020).

Montar comércio eletrônico nesta modalidade requer investimento inicial de R$ 1 mil a R$ 5 mil. Esse montante poderá ser usado na composição de mix de produtos, desenvolvimento da loja online, pagamento de salário de colaborador, etc.

Quer ajuda para abrir uma empresa ou ter um CNPJ?

A Contabilizei é líder em abertura de empresas, deixe seus dados e nossos especialistas entrarão em contato.






TUDO CERTO!

Recebemos suas informações, logo nossos especialistas entrarão em contato.

Uma plataforma de e-commerce como a Loja Integrada é suficiente para um MEI. O custo anual pode ser gratuito para até 5.000 visitas mensais de internautas-consumidores. Já o plano pago mais econômico sai por R$ 49,00 mensais e suporta 10 mil visitas/mês.

Digamos que, para ter sua loja virtual pronta e operante, um(a) MEI alugue o plano mais econômico da plataforma Loja Integrada. Nesse caso, sua loja online custará R$ 588,00 por ano.

02 – ME

Uma Micro Empresa (ME) é aquela que pode faturar desde R$ 81 mil a até R$ 360 mil por ano. Isto é, uma média de R$ 30 mil mensais. É comum que ela possua desde nove a até 19 empregados.

Se você tem ou pretende abrir loja virtual como ME, então seu custo inicial poderá ser de R$ 5 mil a R$ 50 mil. Neste valor inclui-se desenvolvimento de e-commerce, aluguel de aplicativos que potencializam a operação, contratação de profissionais especializados, entre outras coisas.

A plataforma Loja Integrada é suficiente para a maioria das MEs. Todavia, o(a) empreendedor(a) deve optar pelos planos mais avançados, que possibilitam visitas ilimitadas, inserção ilimitada de produtos, integração de aplicativos e API pública.

Desse modo, o custo da loja virtual pode variar desde R$ 199,00 a até R$ 499,00 mensais. Ou seja, você vai pagar algo entre R$ 2.388,00 e R$ 5.998,00 por ano para manter seu e-commerce funcionando na internet (investimento em Marketing não incluso).

03 – EPP

Empresa de Pequeno Porte (EPP) fatura desde R$ 360 mil a até aproximadamente R$ 4,8 milhões e possui entre 10 a até 99 funcionários (configuração depende da instituição classificadora). Já as do tipo “Pequeno Produtor Rural” com propriedade com até 4 módulos fiscais são semelhantes em faturamento.

O investimento inicial em comércio eletrônico para empresas assim pode variar desde R$ 50 mil a até R$ 500 mil, dependendo da complexidade do projeto. 

As empresas do tipo que faturam até cerca de R$ 1 milhão por ano (mais ou menos R$ 83 mil mensais) podem usar o plano mais avançado da Loja Integrada. Entretanto, este é o limite. A partir disso é necessário investir em algo mais robusto para crescer.

Ao mencionar “robusto” penso em algo como a VTEX, por exemplo. Esta plataforma e-commerce tem escalabilidade “monstra” que suporta o crescimento da loja online com qualidade. Custa a partir de R$ 18 mil anuais e especificamente R$ 43 mil por ano para empresas que chegam a faturar R$ 1 milhão neste período.

04 – Empresa de Grande Porte

Uma Empresa de Grande Porte é aquela que fatura mais de R$ 4,8 milhões por ano e que não tem limite de faturamento. Possui mais de 100 funcionários.

Esse tipo de empresa tem capacidade para trabalhar com loja virtual, multi loja, marketplace e outros sites de comércio eletrônico simultaneamente. Elas também podem unificar seus canais de vendas online e offline com muito mais facilidade.

Iniciativas como estas requerem investimentos extraordinários. Para você ter uma ideia, a EDP Smart investiu recentemente o montante de R$ 5,5 milhões em uma loja virtual. Já o Grupo Martins investiu R$ 15 milhões em um marketplace.

Digamos que uma Empresa de Grande Porte fature por ano o mínimo da categoria, que é R$ 4,8 milhões. Neste caso, o aluguel de uma plataforma como a VTEX teria o custo de R$ 138 mil para todo o ano, segundo a calculadora de preços disponível no site da referida plataforma.

Leia também: Quanto custa abrir empresa no Brasil? Custos e taxas

Quanto custa montar um e Commerce? Qual o investimento em marketing necessário?

Quando se fala em “Quanto custa montar um e-commerce” a maioria dos(as) empreendedores(as) pensa no investimento para o desenvolvimento de uma loja virtual. Mas não se esqueça do Marketing.

No Brasil, os e-commerces investem uma média de 13% de seus faturamentos em Marketing, conforme dados da Pesquisa Nacional de Varejo Online do Sebrae.

O Marketing é muito importante porque é só por meio dele que é possível atrair visitantes para um site de comércio eletrônico e fazer vendas.

Vale lembrar, a média nacional de conversão de vendas online é de 1%. Em outras palavras, a cada 100 visitantes de uma página de vendas de um e-commerce apenas um compra. Com o Marketing é possível não apenas atrair mais visitantes, mas também aumentar essa taxa de conversão para 2%, 3%, 4% ou até mais.

Como montar um e Commerce?


Agora que você já sabe quanto custa montar um e-commerce, que tal aprender também como montar um? Basicamente, você só precisa seguir o seguinte passo a passo:

01 – Planeje

Use ferramentas como o Business Model Canvas e o Plano de Negócios para criar um esboço e um projeto oficial para seu negócio.

02 – Abra sua empresa

Obtenha um CNPJ para poder passar notas fiscais e cobrar inadimplentes. Use serviços como o da Contabilizei para isso. 

03 – Obtenha o investimento

Use os recursos próprios, faça um empréstimo ou procure o apoio de investidores. Os investidores anjo estão em alta no Brasil.

04 – Estruture o e Commerce

Alugue a melhor plataforma e-commerce para o porte da sua empresa e contrate um boa agência e-commerce para criar o Design.

05 – Divulgue seu site de e Commerce

Faça uso de estratégias de Marketing Digital como a dos links patrocinados para e-commerce.

06 – Otimize continuamente

Analise seus resultados, veja onde pode melhorar, otimize o que puder e siga em crescimento constante.

ecommerce-compra-app

Quais as vantagens para montar um e Commerce para Micro e Pequena empresa


Boa parte dos(as) empreendedores(as) prefere entrar para o comércio eletrônico como micro ou pequena empresa. De fato, há muitas vantagens em se fazer isso. Empresas de Pequeno Porte contam com:

  • Menos burocracia ao abrir em relação às empresas de grande porte;
  • Menor capital inicial e capital de giro;
  • Mais praticidade para tomar decisões e agilidade para executá-las;
  • Mais benefícios garantidos pelo Poder Público em licitações;
  • Acesso ao sistema de impostos unificados Simples Nacional;
  • Mais facilidade para lidar com as obrigações trabalhistas e previdenciárias.

Seja como for, se eu pudesse lhe dar um conselho diria para você planejar uma empresa e-commerce que seja duradoura. Uma que possa perdurar por anos e ser passada para os seus filhos e netos. Eu sei que você pode fazer isso. Bem, conte comigo, se precisar!

Importante mencionar que o foco da Contabilizei é nas micro, pequenas e médias empresas representadas neste artigo pelas MEs e EPPs. As Empresas de Grande Porte não estão no escopo da Contabilizei.

A Contabilizei abre a sua empresa com o menor custo

A Contabilizei faz todo o processo de abertura da sua empresa para que ela fique 100% regularizada com o mínimo de impostos. Cuidamos de toda a burocracia enquanto você economiza tempo e dinheiro.

ABRIR MINHA EMPRESA GRÁTIS

"Tornou o processo de abertura e gerenciamento da minha empresa muito simples e fácil. Plataforma única, onde consigo tudo que preciso, suporte extremamente eficiente e ágil." Leandro Bernardo - cliente Contabilizei

A Contabilizei abre a sua empresa com o menor custo
Avatar

Escrito por:

Autor Convidado

Autor convidado pela Contabilizei

Deixe um comentário

avatar