Contabilidade

Download DIRF 2020: Passo a Passo Completo

28 abr 2020

A Declaração de Imposto de Renda Retido na Fonte (DIRF) é uma importante obrigação fiscal para a maioria das empresas e algumas pessoas físicas. Você sabe como emitir a declaração?

A DIRF é uma das obrigações tributárias aplicáveis a transações financeiras entre pessoas físicas ou jurídicas e pessoas físicas que resultaram na retenção de impostos sobre a renda durante o ano-calendário. Confira o artigo que preparamos sobre o tema aqui.

Embora o processo seja facilitado pelo software disponibilizado pela Receita Federal e alguns recursos, como a sincronização automática dos rendimentos dos cartões de crédito, existem algumas regras:

  • O Processo é válido apenas para uma empresa, caso você represente mais de uma organização, é necessário que a declaração seja realizada de maneira isolada para cada uma delas.
  • Os prazos divulgados para a declaração devem ser respeitados com a possibilidade de multas caso não seja realizada ou esteja incompleta, de acordo com a Instrução Normativa SRF nº 197, de 10 de setembro de 2002.
  • É necessário um certificado digital para a realização da declaração caso sua empresa não seja optante pelo Simples Nacional.

Se você atende as informações acima, então é possível dar continuidade no processo da Declaração do Imposto Retido na Fonte.

Todos os anos, a Receita Federal disponibiliza uma nova versão de seu Programa Gerador da Declaração, software para preencher e enviar de maneira segura a declaração para a receita.

Configuração mínima para download do Programa da DIRF 2020

O Programa Gerador da Declaração está disponível para os sistemas operacionais Windows e Linux nas versões 32 e 64 bits.

Atualizado anualmente, a versão mais recente foi aprovada no final do ano passado, em dezembro de 2019.

Para não ter problemas durante a utilização, a Receita Federal recomenda no mínimo as seguintes configurações:

  • Computador compatível com processador Intel-Celeron/AMD-Sempron ou superior.
  • 256 MB de memória RAM;
  • Espaço em disco de 10 MB;
  • Máquina Virtual Java compatível com o JVM 1.6 ou superior;
  • Quando o sistema operacional for Windows observar que deve ser Windows XP ou superior;
  • Quando o sistema operacional for Windows observar que para a utilização da funcionalidade de assinatura digital de declarações é necessário o navegador Internet Explorer 5.5 ou superior.

Além disso, é importante uma boa e segura conexão com a internet.

Onde realizar o download do Programa Gerador da Declaração?

O Programa Gerador da Declaração pode ser encontrado para download, nas versões Windows e Linux no site da Receita Federal, ou diretamente nos links a seguir:

Note que não é possível utilizar uma versão anterior ao software para realizar a declaração, sendo obrigatório o uso da mais recente.

Passo a passo download do PGD DIRF 2020

Após a realização do download do Programa Gerador da Declaração (PGD) DIRF 2020, a execução do arquivo resultará em uma tela de “Boas-vindas”

É nesse momento que o usuário precisa escolher onde o software será instalado. Com o destino definido, chega a tela de confirmação:

Ao clicar em avançar, a instalação será iniciada.

Se tudo correr bem basta então clicar em  concluir quando tudo terminar.

Quando executar o programa pela primeira vez, uma tela com as principais novidades da versão será a primeira informação visualizada pelo usuário.

Quais as novidades da DIRF 2020

A DIRF não sofreu muitas alterações em relação ao ano anterior, sendo que a grande novidade continua sendo a obrigatoriedade para pessoas físicas e jurídicas que durante o ano-calendário tenham pagado ou creditado qualquer rendimento que tenha retido.

Além disso, para 2020, há também uma nova obrigação, especificada na Instrução Normativa RFB 1.915 de 2019 que prevê que a declaração dos beneficiários de rendimentos pagos quando em cumprimento de decisões da Justiça Estadual ou da Justiça Trabalhista, ainda que tenham retenção do Imposto de Renda isenta.

Até o ano passado, somente as empresas que optaram pela realização da declaração dessa forma que realizavam o processo.

Fora isso, as regras para a DIRF 2020 continuam semelhantes ao ano anterior.

Devido as devidas crises atuais, a Declaração de Imposto de Renda Retido na Fonte (DIRF) teve seu prazo adiado, que era de 30 de abril para 30 de junho.

O que acontece se não declarar a DIRF?

A multa aplicada para contribuintes que não enviaram a Declaração de Imposto de Renda Retido na Fonte dentro do prazo será de 2% ao mês-calendário, ou fração do período, regra válida também para os casos em que a declaração for entregue incorretamente ou de maneira incompleta.

O valor será calculado com base no valor de imposto de renda informado na declaração, ainda que já tenha sido paga, podendo chegar ao máximo de 20% do valor.

A multa mínima aplicada para a pessoa física e empresas optantes pelo Simples Nacional será de R$200 reais, e o valor mínimo de R$500 reais é válido para os demais casos.

Caso a declaração seja apresentada após o prazo final e antes de qualquer procedimento (a cobrança oficial das multas), a mesma poderá ser reduzida em até 50%, caso o pagamento seja efetuado após a cobrança das multas, mas antes do tempo intimidado, a redução será de 25%.

Consultar Extrato do Processamento da DIRF

Após a declaração da DIRF é necessário acompanhar seu processamento para saber se tudo foi corretamente entregue.

A página da Receita Federal também garante a visualização de todos as declarações enviadas anteriormente. Para acessar a página, clique aqui.

Precisa de ajuda com a DIRF?

Este passo a passo que publicamos neste post é o básico para que você, empreendedor, realize o processo de maneira segura e sozinho. Porém algumas empresas tem uma contabilidade um pouco mais complexa e exigem mais atenção na hora de emitir a DIRF.

E para isso – e para fazer a gestão da sua contabilidade – existe a Contabilizei. Fale com a gente e entenda os serviços prestados e a inovadora forma de interação com a sua contabilidade através dos mais de 80 contadores que fazem parte do nosso time de especialistas.

Contabilizei

A Contabilizei é líder em abertura de empresas no Brasil e mantém esse blog para levar conteúdo de qualidade aos pequenos empreendedores.

Deixe um comentário

avatar