Empreendedorismo

Quer abrir seu próprio negócio sem ter que investir muito? Saiba como empreender gastando pouco.

Atualizado em 3 jun 2020


Muitos brasileiros tem o sonho de ter seu próprio negócio, mas não sabem como ou por onde começar devido à falta de dinheiro necessário para abrir uma empresa e investir nela até que os lucros comecem a entrar. No entanto, escolhendo um ramo rentável e que seja certo para você, tendo um bom plano de negócios e minimizando os gastos, é totalmente possível empreender gastando pouco. Quer abrir seu próprio negócio sem ter que investir muito? Confira todas as dicas abaixo e entenda como empreender com pouco dinheiro!

Já falamos bastante por aqui do sonho de muitos brasileiros em ter seu próprio negócio e viver financeiramente do empreendedorismo. Principalmente quando se trata de conselhos e suporte a esses novos e/ou futuros empreendedores, fornecemos diversos tipos de dicas, como o passo a passo de uma abertura de empresa, a documentação necessária para abrir empresa etc.

No entanto, a verdade é que nem sempre essas são as principais preocupações de quem deseja abrir sua própria empresa. Inclusive, o maior e verdadeiro problema que as pessoas se deparam ao começar a empreender é não ter capital suficiente, ou seja, aquela dúvida de como empreender gastando pouco.

Mas antes que esse fator comece a gerar desânimo, saiba que existem diversas outras maneiras de empreender mesmo para quem não tem muito dinheiro para investir em uma nova empresa. Por isso, para aqueles que não querem desistir do sonho de ter seu próprio negócio, confira aqui algumas dicas infalíveis de como empreender com pouco dinheiro!

Dicas para empreender com pouco dinheiro

Apesar de haver diversas formas de ter seu próprio negócio sem precisar investir muito dinheiro, existem algumas dicas e regras a serem seguidas. Desta forma, mesmo que tenha pouco capital, sua empresa terá a oportunidade de crescer e lhe trazer sucesso tanto financeiro quanto pessoal e profissional.

  1. Escolha um ramo de seu interesse

Você pode até se perguntar: como empreender com pouco dinheiro, fazer o que gosto e ainda lucrar? Mas a resposta é bastante simples: faça o que gosta e o fará muito bem. Sem contar que, mesmo investindo pouco em dinheiro, ainda será necessário investir muito em tempo, pois novas empresas exigem bastante atenção.

Portanto, se você não escolher algo que tenha o mínimo de interesse e lhe traga satisfação – e não estamos falando somente de satisfação financeira –, é bem possível que todo o processo de abertura da empresa acabe lhe deixando cansado, irritado ou desanimado.

Além disso, empreender em algo que você já conhece e gosta não exigirá novas experiências ou habilidades, o que irá lhe poupar não só tempo como também dinheiro. Já para empreender em algo novo e ainda desconhecido para você poderá requerer mais tempo para aprender e se familiarizar com aquilo e até mesmo dinheiro para fazer cursos ou pagar consultorias.

2. Tenha paciência

Assim como é altamente aconselhável escolher um ramo que seja de seu interesse, também é crucial que você, como um novo empreendedor, seja paciente e não tenha pressa de querer ver o sucesso e o dinheiro entrando logo de cara. Dificilmente uma nova empresa irá dar retorno imediato, portanto, foque em divulgar o nome de seu negócio, ganhar clientes, formar uma boa reputação e, assim, o dinheiro aos poucos começará a entrar.

3. Monte um plano de negócios

Já na parte um pouco mais “técnica” do empreendedorismo, o planejamento do seu negócio é um ponto de extrema importância para qualquer tipo de empreendedor, independentemente da quantia de dinheiro que foi investida. Inclusive, de acordo com um estudo feito pelo SEBRAE, a falta de planejamento foi a principal causa do fechamento prematuro das novas empresas.

O motivo disso é porque, para alcançar a estabilidade financeira e a tão desejada lucratividade, é crucial que você monte um plano de negócios. E, para isso, será necessário estudar o mercado, seus concorrentes e os preços dos produtos ou serviços oferecidos (como base de comparação), conhecer seu público-alvo e apresentar um produto ou serviço de qualidade para poder ter um grande diferencial competitivo

4. Calcule e minimize seus gastos

Apesar de ser a última dica da lista, é provavelmente a mais importante e também subestimada delas. Isso porque muitos empreendedores ainda esquecem que os pequenos detalhes e custos, como despesas administrativas, mesmo que sejam de conta de telefone, internet ou luz, contam como gastos que são deduzidos do dinheiro que a empresa faturou naquele mês.

Portanto, nunca se esqueça de calcular todos os gastos que sua empresa pode ter, seja de contas de luz ou aluguel até custos com matéria-prima ou estoque, serviços de contador ou impostos. Só assim que você saberá o quanto terá que faturar para arcar com todos esses gastos e o quanto do que sobrar ou do que faturar depois de pagar tudo isso será o lucro do seu negócio.

Mas é claro que de nada adianta querer saber como empreender com pouco dinheiro se você não tentar manter esses custos bem baixos. Por isso, faça todo o cálculo correto, procure evitar gastos desnecessários (multas, contas altas de água e energia etc.), renegocie com fornecedores se necessário e sempre tenha um bom planejamento para seu negócio. Esse é um dos segredos para empreender gastando pouco.

Como empreender com pouco dinheiro

Mesmo depois de todas essas dicas, muitas pessoas ainda não acreditam ser possível abrir uma empresa sem ter que desembolsar um valor alto para usar de investimento inicial. No entanto, elas também esquecem que tudo dependerá do tipo de empresa e da área de atuação que o empreendedor escolhe, pois há muitas empresas que não exigem um investimento alto.

O melhor exemplo disso é a franquia. Isso porque, com tantas opções disponíveis para escolher, não só é totalmente possível, mas também muito fácil de encontrar uma franquia em um ramo de seu interesse e que ainda tenha um investimento inicial baixo.

Alguns exemplos de franquias cujos ramos não requerem investimento de capital alto estão:

  • Lojas virtuais, como e-commerce, principalmente no setor de vestuários;
  • Restaurantes, principalmente quando se trata de serviços rápidos;
  • Cosméticos;
  • Estética e beleza, como salões de cabeleireiro, depilação etc.;
  • Agências de viagem.

Para se ter uma noção dos valores, algumas das franquias desses setores citados acima exigiram investimento de apenas R$7 mil. Na média, os valores podem variar de R$10 mil a R$60 mil.

Além do investimento baixo, outro ponto positivo das franquias é que elas já seguem um padrão, como de visual da loja, de qualidade do produto, de valor, de reputação etc. Ou seja, você, como empreendedor que abriu uma franquia já pronta, não precisará perder tempo ou mais dinheiro com esses detalhes, e, dependendo da fama da franquia, automaticamente ganhará clientes de maneira rápida e orgânica.

Se você tem interesse em abrir uma franquia, saiba também como ser um franqueado e manter sua franquia saudável o ano todo!

Já se franquias não fazem parte de um conceito de empreendedorismo que lhe agrada, há vários outros exemplos de ramos e setores de empresa que você pode abrir e também não exigem um investimento alto. São eles:

  • Comprar uma empresa à venda, escolha que poupa tempo e investimento por parte do comprador;
  • Revenda de produtos;
  • Lojas virtuais;
  • Lojas de roupa ou costura, como ateliês;
  • Produção de conteúdo (através de blogs, YouTube, como influenciador digital etc.);
  • Confecção e venda de comidas caseiras;
  • Academia (estabelecimento físico) ou aulas online como personal trainer;
  • Escola de idiomas (estabelecimento físico) ou aulas online;
  • Cuidados com pets;
  • Restaurantes, lanchonetes, bares ou food trucks;
  • Aluguel de quartos ou casa/apartamento.

Independentemente do ramo que você escolher, basta seguir essas dicas cruciais para ter uma boa gestão e manter os gastos baixos para empreender gastando pouco. E juntando isso com a oportunidade de abrir seu negócio sem investir um capital alto, e ainda tendo um escritório de contabilidade que lhe oferece todo o suporte necessário e de maneira rápida para abrir uma empresa como a Contabilizei, e você saberá exatamente como empreender com pouco dinheiro!

Contabilizei

A Contabilizei é líder em abertura de empresas no Brasil e mantém esse blog para levar conteúdo de qualidade aos pequenos empreendedores.

Deixe um comentário

avatar