Jovem empreendedor – como começar um negócio sem experiência?

| Atualizado em 27/11/20 | 8 minutos de leitura

Com a crise no mercado de trabalho, o empreendedorismo virou uma palavra da moda. E tem se revelado  uma  alternativa muito interessante para quem deseja ser dono do próprio nariz. Abrir seu próprio negócio está disponível para todos, independentemente da área ou da experiência. 

Para empreender, você precisa estar atento a como oferecer um produto ou serviço melhor e, de preferência, trazer uma solução para o mercado. Isso não significa que você precisa ser, para usar outra palavra da moda, disruptivo, quer dizer, alterar completamente o setor ou o comportamento de seus consumidores. Mas, claro, se você tem uma ideia assim, corra para colocá-la em prática o mais rápido possível.

Busque sempre por mais conhecimento

Ser jovem, portanto, não o impede de empreender. Mas, claro, você vai se deparar com situações que só a vivência ensina a lidar. Por isso, procure sempre por conhecimento. Estude, faça cursos, converse com que já empreendeu e amplie ao máximo a sua busca por informações.

Se você quer abrir um negócio na área de tecnologia por que conhece programação, por exemplo, lembre-se de que você vai precisar de conhecimentos de marketing,  de gestão de pessoas, e, claro, de contabilidade. Mesmo que você possa contar com auxílio de uma empresa especializada, como a Contabilizei, é fundamental que você conheça como funciona um fluxo de caixa e outras ferramentas importantes para a gestão do seu futuro negócio.

empreender-sem-experiencia-sol

Expanda horizontes

Para evitar problemas comuns na criação e crescimento de uma empresa, uma boa dica é conversar com outros empreendedores. Procure saber quais foram os principais erros e acertos pelos quais eles passaram quando estavam criando seus negócios.  

Ao procurar cursos, dê preferência aos que ofereçam espaço para mentes criativas e empreendedoras, que forneçam estrutura para ajudar seu negócio a nascer. Foque em graduações ou especializações em que o Empreendedorismo e a Criação de Negócios façam parte do currículo.

O conhecimento vai lhe ajudar a criar uma visão estratégica e aumentar a sua capacidade de entender os desafios que virão pela frente. Com estudo, você pode passar por cima de etapas que, muitas vezes, podem acabar minando empresas e boas ideias.

Bem preparado, o fato de ser jovem não fará diferença alguma. Você terá toda base teórica para colocar a sua ideia em prática.

Tenha um propósito

Além de estar bem capacitado para empreender o seu negócio, vamos conferir mais algumas questões que são importantes que você leve em consideração.  E vamos, também,  a outra palavra da moda, mas igualmente importante se levada a sério – propósito.

Muitas vezes, a opção pelo empreendedorismo se dá a partir do desejo de uma vida com mais flexibilidade em relação ao tempo de trabalho e mais liberdade e autonomia na tomada de decisões. Mas, além disso, você precisa ter uma noção muito clara do porquê você quer que sua empresa exista, quem ela vai atender e quais soluções vai oferecer aos clientes. 

Para um empreendimento de sucesso, ter clareza dessas questões e se elas realmente estão alinhadas ao seu propósito – isso vai lhe deixar feliz?, pergunte-se sempre -, vão lhe ajudar a definir onde quer chegar e como quer estruturar o seu negócio.

Seja original

Como já sugerimos neste texto, é bom você pesquisar e conversar com outros empreendedores. Mas lembre-se que as razões para o sucesso deles podem não ser as mesmas para o seu negócio. Inspire-se em outros exemplos, mas procure o que faz mais sentido para você, o que combina com seus valores e princípios. Seja original e não entre em conflito com suas ideias e no que é melhor para você – tudo isso pode interferir no crescimento da sua empresa.

Cuidado com o impulso!

Não é porque você não aguenta mais o lugar onde está trabalhando que você vai sair correndo e abrir um negócio. Calma, você precisa planejar. E pesquisar as reais chances de sucesso do seu empreendimento. Se torne um empreendedor consciente, porque você enxerga a possibilidade de alcançar objetivos e oferecer soluções que não conseguiria estando no atual emprego. Agir por impulso pode prejudicar muito seu negócio e, até, abreviar a sua existência.

E prepare-se para encontrar pessoas de difícil relacionamento e que discordam de suas ideias também no seu empreendimento. Elas podem ser seus funcionários, fornecedores ou clientes. Então, se esse é o seu caso, segure o impulso. Para abrir um negócio, o ideal é que você tenha uma reserva financeira. Antes de largar o seu emprego, verifique sua conta bancária.

Por melhor que seja o seu projeto, ele vai levar um tempo até ser sustentável. Além de uma poupança para você não depender do seu negócio nos primeiros tempos, é possível que você precise ter um capital de giro para investir em equipamentos ou contratar funcionários. 

Calma e planejamento são fundamentais para você prosperar. Pense que se nada dar certo (e vai, viu?), você preserva sua vida social e financeiramente. 

Simule, teste sua ideia

Outra boa dica é, antes de iniciar seu negócio, é testar sua ideia. Tudo começou por ela, não é mesmo? Mas será que ela realmente pode funcionar? Será uma solução para a sociedade? Tenho tudo o que é necessário para implementá-la no mercado? Tente responder às perguntas por meio de pesquisas ou protótipos de seus produtos.

Caso já existam empresas concorrentes no mercado, estude-as e pesquise opções para se diferenciar , e claro, verifique se elas são válidas e positivas. Tenha em mente, sempre, que ideias que solucionem algum problema da sociedade, atendam necessidades de um determinado grupo estão mais próximas de garantir um bom número de clientes.

empreender-sem-experiencia-pulos

Faça um plano de negócios

Você pensou e repensou, estudou, testou e, sim, é isso que você quer. Então, o primeiro passo é o plano de negócios. É como se fosse um grande mapa do seu empreendimento, 

Criar um plano de negócios é pré-condição para empreender, especialmente se você não tem experiência. Ao elaborá-lo, você vai ter uma noção clara de tudo o que será necessário para seu novo empreendimento. 

O projeto ajuda a definir todos os passos do seu negócio e garante que não haverá erros nem falta de recursos, tanto no financeiro quanto na atuação, desde o primeiro instante até os anos seguintes de trabalho.

Faça uma análise detalhada da sua situação inicial, avalie a viabilidade da sua ideia de negócio e entenda onde você quer chegar. A falta de planejamento pode gerar grandes problemas no futuro, principalmente para quem não tem experiência como gestor.

Pesquise o mercado

Etapas anteriores concluídas e plano de negócios em mãos, vamos avaliar o mercado. Você tem ideia dos seus possíveis fornecedores, por exemplo? Informações sobre a situação econômica do setor onde quer atuar são muito importantes. Respostas a perguntas como: – qual a demanda para os produtos e serviços e qual a média de lucro que você vai conseguir obter nesse mercado? – vão lhe ajudar muito a validar e melhorar a sua ideia.

Listar os pontos fortes e os pontos fracos das empresas e dos produtos e serviços oferecidos vão lhe ajudar a ser mais certeiro e oferecer soluções que cobrem essas carências. Busque, vale reforçar, características únicas – destaque seu negócio dos demais.

Busque ter experiência

Uma dica final, mas que poderia estar no início desse texto . Se você não tem experiência, buscar isso no mercado antes de abrir o negócio (ou enquanto o planeja) pode ser uma ótima estratégia. Que tal trabalhar na sua futura concorrência?

Quanto mais você souber como funciona na prática o seu mercado, melhor. Aprender como seu ramo opera é muito importante. Aproveite e aprenda todas as lições possíveis.

Enfim, não é porque você não tem experiência que não vai empreender, não é mesmo? Com algum preparo, estudo e planejamento, você vai decolar. E para cuidar da sua contabilidade, conte com a Contabilizei!

Vitor Torres - CEO e fundador da Contabilizei

Escrito por:

Vitor Torres - CEO e fundador da Contabilizei

Vítor é Administrador de Empresas, Empreendedor Endeavor, CEO e fundador da Contabilizei, o primeiro e maior escritório de contabilidade online do país. Vítor lidera a maior inovação da indústria contábil das últimas décadas ao levar a contabilidade de pequenas empresas para o mundo digital. Atualmente, Vítor lidera mais de 400 fanáticos em contabilidade que impactam positivamente a vida de mais de 20.000 empresários no país.

Deixe um comentário

avatar