Como abrir uma empresa de turismo? Passo a passo

| Atualizado em 22/07/21 | 7 minutos de leitura

Viajar com segurança e com respaldo para resolver os imprevistos será cada vez mais valorizado por aqueles que não veem a hora de voltar a fazer as malas. Se você pensa em estruturar um negócio para ajudar as pessoas a realizarem seus sonhos, uma agência de turismo é uma ótima escolha.

O que é necessário para trabalhar com turismo?

Como todo novo empreendimento, para ter sucesso, não é suficiente adorar viajar, por exemplo. É importante que você estude o mercado e, se for o caso, busque um profissional com experiência para estar ao seu lado. Não é necessário que você tenha o curso superior em Turismo, mas o mercado vai lhe exigir conhecimento.

agencia-turismo-esperando-

1. Escolha um segmento

O mercado de turismo é muito amplo e possibilita que você possa atuar em várias áreas. Para auxiliar no planejamento do seu negócio e pensar em estratégias para diferenciá-lo da concorrência, é fundamental você escolher os nichos com os quais vai trabalhar. Assim, você poderá se especializar e oferecer um serviço diferenciado aos seus futuros clientes.

Dentre as diversas opções, você pode escolher, por exemplo: turismo de negócio; ecoturismo; turismo de estudos; turismo sol e praia; turismo rural e, ainda, turismo de aventura. 

Em função da pandemia, o setor sentiu muito com a redução dos deslocamentos por conta das medidas de isolamento social. Mas a aposta é que, quando as viagens retornarem, mesmo que com medidas sanitárias de segurança, como o uso de máscaras, o turismo interno e destinos com natureza exuberante e roteiros de bem estar, vão estar entre as preferências dos consumidores. 

Outra alternativa interessante para diferenciar o seu negócio, é oferecer opções sob medida para atender necessidades de grupos específicos, como viagens de luxo ou serviços exclusivos para quem está em lua de mel, por exemplo. 

Quer ajuda para abrir uma empresa ou ter um CNPJ?

A Contabilizei é líder em abertura de empresas, deixe seus dados e nossos especialistas entrarão em contato.






TUDO CERTO!

Recebemos suas informações, logo nossos especialistas entrarão em contato.

Você pode pensar, também, em atender grupos de terceira idade, segmento que cresce bastante com pessoas que buscam diversão e lazer. Ou, ainda, se especializar em públicos específicos como famílias, famílias com crianças pequenas ou casais sem filhos.  

Estudar sobre o perfil do público e aperfeiçoar o conhecimento em diferentes áreas do negócio é o segredo para quem quer crescer. Por isso, você deve estar sempre informado sobre o mercado, as tendências do setor e sobre o seu cliente. 

Pondere bem suas decisões e avalie se você está disposto a atuar em nichos bem específicos, pois, se, por um lado, pode ser um diferencial, por outro, vai exigir cuidados redobrados, pois são consumidores que tendem a ser muito mais exigentes.

2. Faça um plano de negócios

Planejamento é a alma do negócio. Apesar de ser um chavão, a frase continua verdadeira. É impossível pensar em empreender sem fazer um bom plano de negócios para reduzir a margem de erros.  No plano, você vai definir os objetivos, estudar os concorrentes, analisar o mercado e estabelecer os diferenciais da sua agência. Com metas bem definidas, não vão ser apenas os seus clientes que vão voar – o seu negócio também!

3. Formalize seu negócio

Com o auxílio de um bom contador, você terá muita facilidade para regularizar a sua agência de viagens.  Esta etapa é importante para atuar de forma legalizada. Com o registro do seu CNPJ (Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica), você poderá emitir notas fiscais, contribuir com impostos, enfim, atuar de acordo com o previsto pela legislação.

Antes da formalização, você e seu contador vão tomar decisões importantes em relação ao tipo de empresa e ao regime tributário. Além disso, você deve estar atento à legislação sobre agências de viagens e aos CNAEs  (Classificação Nacional para Atividades Econômicas) para a sua atividade. 

agencia-turismo-baloes

4. Faça seu registro

Antes de começar a atuar, você vai precisar fazer o registro da sua agência de viagens no Ministério do Turismo, por meio do Cadastur. O cadastro é obrigatório e gratuito. Ele oferece vantagens aos cadastrados e serve como fonte de informações aos turistas. 

5. Estabeleça parcerias

Para ser um bom agente de turismo, você vai precisar estabelecer parcerias com operadoras de turismo. São elas as responsáveis por criar pacotes com traslados, passagens aéreas e reservas de hotel. O seu papel é fazer a ponte entre as operadoras e os clientes. Por isso, quanto mais parcerias você estabelecer com diferentes operadoras, maior diversidade de pacotes poderá oferecer aos seus clientes. 

6. Um bom atendimento é tudo!

Seja uma agência física ou virtual, os canais de suporte ao seu consumidor precisam ser extremamente eficientes. Seus clientes vão ter dúvidas, e elas precisam ser rapidamente esclarecidas. 

Mantenha um site atualizado, disponibilize um bom FAQ e, se possível, atendimento com chat ao vivo, além de um telefone disponível para atender seus consumidores. 

7. Esteja presente nas redes sociais

Hoje em dia, não há como pensar no sucesso da sua agência, sem elaborar uma boa estratégia de uso das redes sociais. Documente e poste as viagens de seus clientes, compartilhe as experiências – isso dá muita confiança a quem está conhecendo a sua agência. 

Dê visibilidade às experiências que sua agência está promovendo, isso vai gerar engajamento e maior envolvimento do seu público com a empresa. 

8. Crie um blog

Para ter destaque na Internet, nada como um blog. Ele vai ajudar a sua agência a aparecer nos resultados das buscas por destinos de viagem e aumentar a visibilidade do seu site.

Produza conteúdos informativos e completos, quanto mais informação, mais valor seu público dará à sua publicação. 

9. Pense em um programa de fidelidade

Uma boa ideia para fidelizar seus clientes e favorecer que eles façam mais viagens com sua agência é criar um programa de fidelidade. Há vários modelos, mas os mais conhecidos são os de acúmulo de pontos. Você pode premiar com pontos os clientes pelo número de viagens ou pelos valores investidos e, por exemplo, ao atingir um número determinado, oferecer uma passagem de graça, desconto em próximas viagens ou até passeios extras em algum destino. 

10. Outro jeito de começar

Além de começar um negócio próprio, como vimos até aqui neste texto, você pode, também, optar por trabalhar em parceria com uma franquia. Em uma busca rápida pela Internet, você vai descobrir que há dezenas de possibilidades – desde as mais famosas (e caras!) até a algumas muito acessíveis.

agencia-turismo-kit-viagem

11. Vantagens de uma franquia

Trabalhar em parceria com uma franquia pode ser bastante vantajoso. O aspecto mais importante é a experiência que a empresa passa ao franqueado, além do suporte durante toda a gestão. O empreendedor sente-se seguro ao investir a partir do ponto em que já se conhece o público alvo e quais as melhores táticas para fidelizar clientes.

Outra vantagem de uma franquia de agência de viagens é que muitas trabalham com o sistema home based, ou seja, permitem ao franqueado trabalhar a partir da sua casa com um investimento baixo – a taxa de franquia, um notebook com internet e um telefone. 

Pronto para dar início ao seu sonho de uma empresa de turismo?

Só você sabe qual é o seu perfil e o tamanho do seu sonho. Se você já tem uma ideia da agência que quer criar para promover as viagens que vão nutrir os sonhos de seus clientes, arregace as mangas e conte com a gente para transformar tudo isso em realidade. 

A Contabilizei abre a sua empresa com o menor custo

A Contabilizei faz todo o processo de abertura da sua empresa para que ela fique 100% regularizada com o mínimo de impostos. Cuidamos de toda a burocracia enquanto você economiza tempo e dinheiro.

ABRIR MINHA EMPRESA GRÁTIS

"Tornou o processo de abertura e gerenciamento da minha empresa muito simples e fácil. Plataforma única, onde consigo tudo que preciso, suporte extremamente eficiente e ágil." Leandro Bernardo - cliente Contabilizei

A Contabilizei abre a sua empresa com o menor custo
Guilherme Soares

Escrito por:

Guilherme Soares

Guilherme é engenheiro formado pela Universidade de São Paulo com mestrado em administração de empresas pela London Business School. Guilherme atuou como consultor de estratégia de negócios na Bain & Company e liderou áreas de estratégia comercial e produtos na Latam Airlines Cargo e Cielo. Iniciou na Contabilizei em 2018.

Deixe um comentário

avatar