Cartão PJ Contabilizei: a solução para o profissional liberal com CNPJ, micro e pequena empresa

| Atualizado em 04/11/21 | 9 minutos de leitura

Você já deve ter percebido que os cartões de débito e crédito para Pessoa Jurídica entraram com tudo no mercado e estão se tornando uma excelente solução para os empreendedores que querem manter uma boa gestão financeira e contábil, separando as finanças pessoais das da empresa e integrando-as à contabilidade. A Contabilizei, em parceria com o banco BS2, não poderia ficar para trás e prepara para esse ano o lançamento do seu cartão de crédito com a bandeira Mastercard para profissionais liberais e pequenas empresas enquadradas no Simples Nacional. A pré-adesão já pode ser feita através do site.

Já internalizado na cultura do brasileiro, o cartão de crédito e débito são excelentes soluções que trazem mais praticidade para o dia a dia e no caso da versão para pessoas jurídicas, para a rotina e administração da empresa. O único cuidado deve ser em relação aos gastos excessivos, mas este é um detalhe que pode facilmente ser resolvido através de um bom controle do fluxo de caixa. As compras com cartão, há muito deixaram de ser opção ao dinheiro e passaram a ser a realidade em 9 de 10 transações, online e offline. 

Voltando para o mundo do empreendedorismo, para muitos donos de empresa era comum usar o cartão pessoal para pagar gastos do negócio, o que nem sempre é o mais adequado pois uma série de processos administrativos e contábeis devem ser feitos para regularizar esse tipo de situação. E sempre é bom lembrar que os cartões corporativos, até bem pouco tempo, eram quase que uma exclusividade de grandes empresas. 

Um novo momento: O cartão PJ para o profissional liberal com CNPJ e pequenos empreendedores

Ainda em 2021, a Contabilizei, em parceria com o banco BS2, vira essa página e lança o seu primeiro Cartão PJ múltiplo. De bandeira Mastercard, o cartão pessoa jurídica é exclusivo para clientes Contabilizei e oferece até 40 dias de prazo para pagamento de fornecedores – esticando aquele capital de giro que é tão importante para o empresário, entre outras importantes vantagens. Também dentro das vantagens previstas, estão a isenção de anuidade e a possibilidade de gratuidade da mensalidade Contabilizei de acordo com o volume mensal de gastos.

É o primeiro cartão de crédito com foco nos profissionais liberais e pequenas empresas optantes pelo Simples Nacional.

Mas minha empresa precisa ter Cartão de Crédito PJ?

Conforme a gente sempre comenta, quando você abre um negócio, mesmo que seja uma empresa individual com único dono, é muito importante manter separadas as contas pessoais daquelas da sua empresa. Isso não é diferente quando em relação ao uso do cartão de crédito. O Cartão de Crédito Contabilizei, por exemplo,  é emitido no nome da empresa para uso exclusivo do representante legal e não no nome de uma pessoa física.

Veja só: se o empreendedor vai equipar o escritório e faz compras utilizando o cartão pessoal, será que esse valor empregado no negócio vai entrar corretamente na contabilidade da empresa? E olha que estamos falando de um evento único, que não é tão recorrente – mas imagina os empreendedores que pagam os boletos da empresa na conta pessoal ou no cartão de crédito pessoa física?

Pois é por isso que abrir e manter uma conta bancária Pessoa Jurídica é a melhor prática. E, da mesma forma, funciona com o cartão PJ. Assim, as contas são corretamente separadas, além de ser mais seguro, visto que a contabilidade da sua empresa estará integrada às saídas de dinheiro do caixa, inclusive pelo cartão, na função débito ou crédito. Centralizar as despesas no próprio CNPJ é, com certeza, uma das melhores práticas para os profissionais liberais, micro e pequenas empresas.

Diferenças entre cartão para empresas e cartão para pessoa física

Na prática, seu Cartão PJ não vai impedir você de pagar um almoço de domingo ou até mesmo de investir em artigos pessoais, como roupas, por exemplo. O cartão PJ não dispõe, por si mesmo, de travas para que não seja utilizado fora do contexto do negócio. Mas fique atento: quem precisa colocar estes parâmetros é você. O cartão surge como uma solução para ajudar nessa divisão. É o caminho para ter a saúde da sua empresa sempre em dia e não misturar gastos pessoais com os da empresa. 

Alguns dos usos mais comuns do cartão PJ são a assinatura de softwares de gestão, contratação de campanhas de marketing digital (Google, Facebook, instagram), hospedagem de sites, Cloud (AWS, Azure, Oracle), materiais de escritório e equipamentos de informática, entre muitos outros.

Até porque, na análise contábil, é muito bom que você consiga realmente identificar gastos da empresa nas contas vinculadas à pessoa jurídica – são estes custos que serão abatidos do seu resultado para definição do lucro, e, conforme o formato da sua empresa, inclusive ajudam a diminuir os impostos devidos.

De qualquer forma, não é possível incluir na contabilidade da empresa despesas de cunho meramente pessoal, e isso indica falta de controle em relação às suas finanças.

cartao-pj-venda

Como manter o cartão de crédito a favor do seu negócio

Mesmo em um negócio de pequeno porte, é importante que haja um responsável pelo acompanhamento do cartão da empresa – que pode ser o próprio dono – e que se faça a conciliação entre o que foi gasto e a contabilidade, uma vez que todas as despesas tem que estar corretamente justificadas para que o controle financeiro e contábil da empresa seja efetivo.

É claro que quando apenas um sócio é atuante, e somente ele tem acesso ao cartão, fica muito mais simples manter o olho no que foi efetivamente gasto, e porquê esses gastos ocorreram. Quando a empresa envolve mais gente, é mais importante ainda manter esta conferência do uso racional deste recurso.

É importante lembrar que o pagamento da fatura do cartão também exige recursos para tal, então não adianta pensar no cartão como uma forma de simplesmente ampliar o crédito do seu negócio no mercado: é mais prudente encarar esta opção como um alargamento de prazo, mas sempre investindo o recurso em ações dentro do negócio que gerem resultados – e possa arcar com a despesa posteriormente. Sempre com responsabilidade e pensando no crescimento do negócio.

Custos para manter um Cartão PJ

O Cartão PJ Contabilizei, como um bom exemplo de opção para as despesas do empreendimento, é oferecido sem custos para clientes Contabilizei que já tem a conta digital PJ Contabilizei BS2. Na proposta da Contabilizei você tem acesso a uma conta internacional, sem taxa recorrente – e o mais legal: o extrato da sua conta fica integrado à contabilidade da sua empresa e todas as classificações das transações à débito e a crédito são feitos automaticamente pela Contabilizei sem a necessidade de compartilhar com o seu contador os arquivos OFX do banco.

No momento de escolher o seu cartão PJ, atente para os detalhes porque ter um cartão PJ só faz sentido quando é um produto pensado para a melhor experiência do seu negócio. A Contabilizei, com seus mais de 30 mil clientes, tem bastante expertise para oferecer produtos cada vez mais alinhados aos micro e pequenos empreendedores.

Vantagens em ter conta PJ Contabilizei BS2

Conforme já comentamos neste artigo, é importante para a sua contabilidade que haja clara separação entre os gastos da Pessoa Jurídica e da Pessoa Física. Isso porque as despesas para manutenção da sua empresa fazem parte do resultado do negócio e, no final das contas, é um fator decisivo para o sucesso e continuidade da jornada.

É por isso que a ideia de se ter uma conta bancária integrada a sua contabilidade é ótima: você não precisa importar extratos e movimentações. Já está tudo integrado e na mesma tela. Neste mesmo conceito, nasce o Cartão PJ Contabilizei BS2: de operação múltipla, com opção de débito automático, além do acesso a sua conta bancária e contabilidade.

cartao-pj-computador

Vantagens para as ME e EPP que possuem o cartão PJ

As principais vantagens que uma empresa possui ao aderir ao cartão PJ são:

1. Melhoria dos controles financeiros

A empresa consegue separar claramente o que é de cunho empresarial e o que é do âmbito pessoal. Se o negócio é mantido através da quitação de custos  dentro da mesma conta da Pessoa Física, fica tudo muito confuso e podem se perder gastos importantes que poderiam ser adicionados na contabilidade.

2. Acesso ao crédito

Como o cartão PJ também oferece a função crédito, esta é uma forma de ampliar seu capital de giro a curto prazo. Deve sempre ser utilizado de forma racional, buscando investimentos que incrementem o faturamento do negócio.

3. Prazo para pagamento de compromissos

Algumas vezes o prazo é fundamental para que a empresa faça bons negócios no curto prazo, negócios estes que serão a alavanca para o pagamento deste valor que foi obtido de maneira antecipada.
A Contabilizei está sempre ao lado do empreendedor brasileiro, trazendo soluções que simplificam a sua rotina e contribuem para o sucesso e crescimento do negócio. Se você já faz parte desse time, veja como abrir a sua conta digital PJ. Caso ainda não, junte-se a mais de 30 mil empresas e abra a sua empresa com conta digital!

A Contabilizei abre a sua empresa com o menor custo

A Contabilizei faz todo o processo de abertura da sua empresa para que ela fique 100% regularizada com o mínimo de impostos. Cuidamos de toda a burocracia enquanto você economiza tempo e dinheiro.

ABRIR MINHA EMPRESA GRÁTIS

"Tornou o processo de abertura e gerenciamento da minha empresa muito simples e fácil. Plataforma única, onde consigo tudo que preciso, suporte extremamente eficiente e ágil." Leandro Bernardo - cliente Contabilizei

A Contabilizei abre a sua empresa com o menor custo
Contabilizei

Escrito por:

Contabilizei

A Contabilizei é líder em abertura de empresas no Brasil e mantém esse blog para levar conteúdo de qualidade aos pequenos empreendedores.

Deixe um comentário

avatar