CNAE: 6911-7/01
Advogado

Serviços Advocatícios | Anexo IV do Simples Nacional

Abrir um escritório de advocacia e, consequentemente, ter o seu próprio negócio é o grande desejo para boa parte daqueles que se formam em direito. E o primeiro passo para isso é abrir o seu CNPJ.

Apesar de poder atuar como pessoa física na área, ter o próprio CNPJ te ajudará a dar um salto muito maior na carreira: traz credibilidade e profissionalismo ao seu negócio, passando muito mais segurança para os seus clientes, separa as suas contas pessoais das contas da empresa e pode conseguir taxas melhores para conseguir possíveis empréstimos.

A boa notícia é que não há muito segredo na escolha da sua CNAE (Classificação Nacional de Atividades Econômicas), pois há uma específica para serviços advocatícios: trata-se do código 6911-7/01, que abrange os trabalhos de escritório de advocacia.

A CNAE tem como objetivo identificar as atividades exercidas economicamente por uma empresa, facilitar a fiscalização dos órgãos responsáveis e garantir que o proprietário pague os impostos correspondentes à sua área de atuação.

A escolha, portanto, é muito importante. Selecionar a CNAE correta garante que você não pague mais tributos que o necessário para manter sua empresa legalizada e evite outros contratempos. Se tiver dúvidas, saiba que você pode contar com a orientação de um dos mais de 600 especialistas da Contabilizei, que é a número 1 do Brasil em abrir empresas e oferece o serviço de contabilidade com ótimo custo-benefício.

Qual o ramo de atividade de um escritório de advocacia?

Há diversos ramos de atividade para os escritórios de advocacia, como por exemplo: civil, trabalhista, penal, comercial, administrativo, imobiliário, digital, tributário, entre outros. Alguns deles já são bem conhecidos, mas há muitas tendências para os profissionais na área de direito.

O advogado especializado em proteção de dados deve ter grandes oportunidades pela frente, uma vez que a LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais - 13.709/2018) vem ganhando cada vez mais relevância por estabelecer diretrizes para a coleta, processamento e armazenamento de dados pessoais. Dessa forma, as empresas terão que se adequar a esse novo cenário para respeitar a privacidade e, assim, evitar penalizações.

O advogado tributário é outro que deve ver as possibilidades se multiplicarem por conta da possibilidade da aprovação da Reforma Tributária, deixando, num primeiro momento, o sistema difícil de entender. Os advogados especializados em cibersegurança também devem ter uma alta na demanda de seus serviços, já que tem sido cada vez mais comum na internet crimes como divulgação de fotos sem permissão, preconceitos, ameaças, entre outros.

Independentemente de qual ramo você escolher, entender como funciona a contabilidade para advogados é de extrema importância. É preciso estar atento às legislações brasileiras para evitar erros, incidência de multas e outros problemas administrativos, como escrituração contábil e jurídica, cálculo de tributos, emissão de balancetes e outros demonstrativos, que se não forem feitos comprometem a regularização do negócio e também a lucratividade da empresa.

Ter ajuda de profissionais capacitados, como a Contabilizei oferece, é fundamental para que um advogado tenha a certeza de que a contabilidade está sendo feita de forma correta, de que os tributos estão sendo recolhidos corretamente e que não tenha problemas com o fisco em nenhum momento.

Qual a CNAE para advogado?

A CNAE disponível para advogado é:

  • 6911-7/01 - Serviços advocatícios

A seguir, vamos detalhá-lo para que você possa abrir sua empresa.

CNAE 6911-7/01: Serviços advocatícios

A CNAE 6911-7/01 compreende atividades como a representação legal dos interesses de uma parte contra outra, diante de tribunais ou de outros órgãos judiciais, realizada por advogado ou sob sua supervisão, além de assessoria geral e a preparação de documentos jurídicos, entre outros tipos de serviços. É essa CNAE que atende os escritórios de advocacia em geral.

Perguntas Frequentes

O anexo do Simples Nacional para escritório de advocacia é o IV.
Advogado pode ser MEI em outro ramo, mas não na área de advocacia.
Um advogado pode criar uma Sociedade Simples de Advocacia, com outros sócios, ou uma Sociedade Unipessoal de Advocacia (SUA), que permite ser sem sócio.